Início » Brasil » Governo propõe reajuste de R$ 48 no salário mínimo
ECONOMIA

Governo propõe reajuste de R$ 48 no salário mínimo

Ideia é aumentar o salário mínimo de R$ 954 para R$ 1.002. Proposta ainda será submetida ao Congresso e valores ainda podem sofrer alterações

Governo propõe reajuste de R$ 48 no salário mínimo
Mesmo com o reajuste, o mínimo ainda está abaixo considerado necessário pelo Dieese (Foto: EBC)

O governo propôs aumentar o salário mínimo de R$ 954 para R$ 1.002 em 2019, um reajuste de R$ 48 reais. A proposta consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, anunciada na última quinta-feira, 12, e está para ser encaminhada ao Congresso.

Entretanto, o valor do reajuste ainda pode sofrer alteração, caso haja mudança na previsão da inflação deste ano. Isso porque a estimativa da inflação faz parte do cálculo do reajuste do salário mínimo.

A fórmula atual de correção do mínimo leva em conta o índice de inflação do ano que se encerrou mais o PIB registrado dois anos antes. A fórmula começou a valer em 2012. Em 2015, no governo Dilma Rousseff, o Congresso aprovou uma medida provisória que estendeu o prazo de vigência da fórmula até 2019. A expectativa é que a mudança na fórmula de correção seja tema de debate nas eleições deste ano.

No anúncio de quinta-feira, o governo também divulgou a previsão de reajuste do salário mínimo para 2020 e 2021. A expectativa é que ele suba para R$ 1.076 em 2020 e R$ 1.153 em 2021. “A gente está supondo que a regra do salário mínimo, hoje vigente, continue em 2020 e 2021. Mas todos nós sabemos que uma nova regra terá de ser apresentada a partir de 2020″, disse o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia.

Mesmo que o reajuste seja aprovado no Congresso, o salário mínimo ainda ficará abaixo do considerado necessário pelos cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com o Dieese, para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, seria necessário R$ 3.706,44 ao mês em março deste ano.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Áureo Ramos de souza disse:

    Quarenta e oito reais. Pra que serve ? para pagarmos a conta dágua que tem a taxa mínima neste valor. Enquanto eles tem direito a R$ 4.000,00 para pagamento de aluguel que eles não moram, viagem grátis, cartão corporativo e fora um salário de R$ 33.000,00 que nós pagamos aos nossos empregados.Quer mais? Ou votam neles ou se candidate seu filho, sua mãe e seus irmão.

  2. q1z\''q disse:

    os srs governantes deveriam ter os mesmos 48 reais de aumento quando forem reajustar seus proventos.o salario minimo que dão aos trabalhadores,fazem com que tenhamos um povo direcionado a morar em favelas,sob baixo nivel de vida,educação,segurança e saude.conseguem assim uma massa de eleitores totalmente ignorantes que terão que ficar de joelhos a rezar implorando a DEUS que não lhes faltem o pão nosso de cada dia.o Brasil é uma nação rica,por isso é que estão roubando bilhões de reais dos cofres públicos,sem que os autores de tanta corrupção paguem com severidade pelos crimes de lésa-pátria que praticam.as nossas leis são fracas e absoletas,permitindo impunidade a muitos.

  3. laercio disse:

    nada terá resultado no país enquanto não houverem a diminuição de 80% de todos os benefícios políticos em todas as esferas! política não dever ser prêmio de loteria mas sim trabalho vocacional para melhoria da nação. Isto é um fato! quando houverem políticos por vocação não haverá necessidade de salário mínimo porque todos poderão empreender e criar seus próprios rendimentos haja vista que os servições públicos funcionarao, não mais fazendo com que os trabalhadores paguem seus impostos duas vezes por ano; hoje pagamos dois impostos, um para sustentar os serviços públicos que não funcionam e outro para podermos ter o serviço que não é realizado pelo governo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *