Início » Brasil » Governo recua e mantém início do horário de verão em 4 de novembro
ESTUDO DE VIABILIDADE

Governo recua e mantém início do horário de verão em 4 de novembro

Decisão foi tomada após estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes

Governo recua e mantém início do horário de verão em 4 de novembro
No início do horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Após ter anunciado um novo adiamento do início do horário de verão para o dia 18 de novembro, o Palácio do Planalto informou nesta terça-feira, 15, que o começo do horário será mantido no dia 4 de novembro.

O governo cancelou, portanto, a decisão que atendia a um pedido do Ministério da Educação (MEC). Em geral, o horário de verão começa em outubro, mas por conta do segundo turno das eleições foi adiado para o início de novembro. Em função da prova do Enem, o MEC solicitou um novo adiamento, dessa vez para o dia 18 de novembro, para não prejudicar os candidatos.

O Planalto recuou após um estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes. Não foram divulgados detalhes da decisão.

O novo adiamento para o dia 18 de novembro recebeu críticas da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, que na ocasião ressaltou que a mudança resultaria em “sérias consequências” ao planejamento das operações e que afetaria 3 milhões de passageiros.

No início do horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora. Os estados que adotam o horário de verão são: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Fontes:
EBC - Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *