Início » Brasil » Governo vai subir impostos para cumprir meta fiscal
DÉFICIT PRIMÁRIO

Governo vai subir impostos para cumprir meta fiscal

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, diz que parte do déficit primário de R$ 58,2 bilhões deste ano será paga com aumento de impostos

Governo vai subir impostos para cumprir meta fiscal
Ministro também sinalizou mais corte de gastos (Foto: EBC)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou que o governo vai elevar impostos para cumprir a meta fiscal deste ano. A notícia foi dada na última quinta-feira, 23, em uma entrevista à emissora SBT.

Segundo o ministro, parte do déficit primário de R$ 58,2 bilhões deste ano será paga com aumento de impostos já existentes, como PIS/Confins, mais corte de gastos e reoneração de isenções fiscais concedidas que não surtiram efeito produtivo. “Uma parte dessa diferença será cumprida com mais cortes de gastos e uma parte será aumento de impostos”, disse Meirelles.

O ministro também sinalizou a possibilidade de fixar uma meta de inflação menor ou uma margem de tolerância mais estreita se houver a avaliação de que isso não forçará o Banco Central a elevar os juros.

“Se ficar claro, por exemplo, que pode-se de fato fixar uma meta mais baixa sem prejudicar a economia no sentido de forçar o Banco Central a apertar mais excessivamente, se tudo caminhar da melhor maneira possível daqui até lá, é uma boa possibilidade”, disse o ministro.

Fontes:
Folha-Governo vai subir impostos para cumprir meta fiscal, diz Meirelles

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Beraldo disse:

    Quá quaracacá!!!

    E a volta da CPMF é apenas questão de tempo, aliás, do momento mais propício.

    Palpite: Alguns aumentos de impostos ainda no primeiro semestre e a CPMF no último trimestre deste ano.

    Com as reformas aprovadas, impostos aumentados e a CPMF de volta, Sua Alteza Michel Temer e os seus asseclas do PMDB/PSDB entrarão 2018 com “as burras cheias”.

    Eita!!!!

  2. carlos alberto martins disse:

    mãos para cima,perdeu,perdeu,isto é um assalto.quando mandei um e-mail para o presidente Temer(duvido que ele leu),o qual dizia que o Meireles estava aplicando uma economia ultrapassada,já estava prevendo a incompetencia do mesmo.o ministro em questão não tem nenhuma visão da porcaria que está fazendo.o caos está cada vez pior.como diziam que tinhamos chegado ao fundo do poço,provavelmente utilizaram uma sonda da falida Petrobras para irmos mais fundo.como estamos vendo o assalto ao povo continua.

  3. Troiano disse:

    Uma vez que a nossa Educação é uma lástima, nossa Segurança é uma calamidade, a Saúde está sempre na UTI, se governar significa aumentar impostos, até o Zé das Couves governa e a pergunta que fica é: Como é que o governo consegue gastar os mais de 2 trilhões de reais arrecadados com impostos todos os anos?

  4. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Só o fato da tabela do IR na fonte não ser corrigida já é um aumento de impostos, fico perplexo com a incompetência dos nossos governantes que sempre ajustam a economia aumentando impostos, não criam outras soluções, o pior é o dinheiro jogado fora deixando um povo sem escolaridade e saúde, não entendo porque não cobram os devedores do INSS e não taxam as grandes fortunas, até quando o povo vai aguentar, o PT isentou segmentos empresariais e tirou a CPMF para que, só demagogia, para nós trabalhadores só trouxe aumento dos juros e créditos mais caros pois os bancos tiveram que compensar as perdas, só com a tomada da Bastilha, é o que resta.

  5. Rogerio Faria disse:

    Eu adoro os economista tupiniquins fazendo comentário achistas sobre a macro economia da Pindorama.
    Os caras passam anos nas faculdades estudando aquele monte de teorias dos economistas europeus, norte-americanos e depois vão ver que nada se aplica no Brasil, pois o “modus operandi” de nosso capitalismo não consta em nenhum livro de economia.
    Aí temos que recorrer ao rentistas do “manhattan conection”, a Miriam Leitão (rainha das obviedades), etc. Comentários vazios de uma elite que está vendo o seu mundinho especulativo desabar.
    É um exercício hercúleo de futurologia em um País mergulhado na maior crise de sua história desde 1930, tem a maior taxa de juros do planeta e vai aumentar os impostos.
    Seria cômico se não fosse trágico.

  6. Laercio disse:

    Não será aumentando impostos que haverão o pagamento dos déficit no Brasil.

    Fim dos altos salários e benefícios políticos.

    Planejamento das obras públicas.

    Pena de morte para tráfico e latrocínio.

    Aproveitamento militar dos indivíduos de 16 a 22 anos.

    Prisão de criminosos em solitárias.

    Medidas simples que canalizariam o dinheiro para o lugar certo.

    É matemática! Basta fazer isto é só haverão superávit

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *