Início » Brasil » Graça disse a conselho da Petrobras que balanço não seria verdadeiro
Lava Jato

Graça disse a conselho da Petrobras que balanço não seria verdadeiro

Quando ainda ocupava o cargo de presidente da Petrobras, Graça Foster afirmou que valores reais da corrupção só serão conhecidos 'daqui a três, cinco ou dez anos'

Graça disse a conselho da Petrobras que balanço não seria verdadeiro
Declarações da ex-presidente não constam na ata oficial da reunião (Fonte: Reprodução/Senado Federal)

Em áudio enviado pela Petrobras à CPI que investiga a corrupção na estatal, a ex-presidente da empresa Graça Foster disse, quando ainda ocupava o cargo, que o balanço da companhia — que seria divulgado meses depois — não poderia ser exato, ou “verdadeiro”.

“Essa de dizer que eu só posso mostrar para o mercado a certeza absoluta dessa questão da Operação Lava Jato é uma inverdade, porque jamais acontecerá. Só daqui a três, cinco ou dez anos. Quando isso tudo for julgado e sair o valor dessa operação toda” — disse Graça ao conselho da Petrobras no dia 12 de dezembro de 2014.

Estas declarações de Graça Foster não constam na ata oficial daquela reunião, mas a Petrobras costuma gravar as reuniões do conselho em áudio ou vídeo.

Em abril a Petrobras divulgou balanço com estimativa de perdas de R$ 6,194 bilhões em decorrência dos esquemas de corrupção na companhia.

Fontes:
Estadão - Graça põe em xeque cálculo das perdas com corrupção na Petrobras

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *