Início » Brasil » Grampo em filha de Jatene afasta Aécio do Pará
Coluna Esplanada

Grampo em filha de Jatene afasta Aécio do Pará

Gravação mostra a filha do governador Simão Jatene (PSDB) pedindo ao subsecretário de Receita, Nilo Rendeiro, a lista das maiores 300 empresas do Estado: ‘vamos começar a buscar esse dinheirinho deles, né?’

Grampo em filha de Jatene afasta Aécio do Pará
Tucanos mensuram o tamanho do estrago que a notícia pode causar na votação de Aécio Neves no maior colégio eleitoral do Norte (Reprodução/internet)

Repercutiu muito mal em gabinetes de Brasília e na executiva do PSDB a denúncia do Diário do Pará que envolve a filha do governador Simão Jatene (PSDB), Izabela Jatene de Souza. Tucanos mensuram o tamanho do estrago que a notícia pode causar na votação de Aécio Neves no maior colégio eleitoral do Norte. Em gravação feita pela Polícia Civil em 2011, e vazada agora, a filha do governador pede ao subsecretário de Receita Nilo Rendeiro a lista das maiores 300 empresas do Estado e diz: ‘Vamos começar a buscar esse dinheirinho deles, né?’, sem detalhar do que se tratava.

Tô fora!

Leandro Mazzini é escritor e colunista do Opinião e Notícia

Aécio , que avaliava com o comando da campanha revisitar o Pará e dar uma força para Jatene, agora quer passar longe de Belém.

Por tabela

Izabela Jatene foi grampeada por acaso. A Polícia investigava o sequestro de um empresário e o principal suspeito era gerente de uma fazenda de Nilo.

Guardião na escuta

Nilo passou a ser grampeado pelo Guardião, um poderoso sistema de tecnologia nacional usado pela PF e secretarias de segurança, que atua como ‘tentáculos de polvo’.

No chão

Foi protocolada ontem ação popular no MP Federal e no MP de Goiás contra a construção do Aeroporto de Cargas de Anápolis, uma das ‘capitais’ do agronegócio. As obras da  pista de 3 km extensão e 45m de largura, realizadas pelo governo do Estado, não tiveram aval dos órgãos federais como a Agência Nacional de Aviação Civil.

Tucano vira arara

‘É notório que a referida obra tem finalidade eleitoral e não tem se adotado os procedimentos previstos em lei, dentre eles: estudo de impacto ambiental, autorizações/pareceres emitidos por órgãos competentes e demais observações quanto às normas de segurança’, diz o texto. O tucano Marconi Perillo virou uma arara.

Fúria oficial

Uma fúria tomou ministros do PMDB e o da Justiça, José Cardozo, sobre a revista da PF no avião de Lobão Filho, candidato ao governo do Maranhão. Mas até hoje nenhuma nota do Itamaraty e um pio dessas autoridades foram soltos sobre outro episódio.

Memória

É sobre a revista que a Polícia Nacional do presidente Evo Morales fez no jato da FAB quando o então chanceler Celso Amorim passou por La Paz em 2011.

A jato

Os Correios vão fechar parceria com a gigante Alibaba para operar galpão na China, a fim de dar celeridade às encomendas do e-commerce crescente entre os países.

Código frouxo

Prova de que o Código Penal é frouxo: O ministro do STF Dias Toffoli determinou a execução imediata da prisão do ex-senador Luiz Estêvão, condenado há anos por uso de documentos falsos para esconder bens. A pena é de 3 anos e 6 meses. Mas a Justiça poderá decidir por pena em liberdade, por se tratar de menos de 4 anos de condenação.

Soltos e milionários

A exemplo de Estêvão – também condenado no famigerado processo de superfaturamento da obra do TRT-SP – estão soltos e milionários o bicheiro Carlinhos Cachoeira e o mensaleiro  Delúbio Soares, ambos condenados.

Brasiiillll!

Estêvão passeia por Brasília de Ferrari, é dono de prédios novos – alguns alugados para o governo – e recentemente gastou quase R$ 1 milhão em festa da filha. Seu escritório é a única casa vizinha da.. residência oficial do presidente da Câmara dos Deputados.

Memória

O Jornal do Brasil Online iniciou entrevistas em vídeo com os principais jornalistas que fizeram história no finado jornalão, para o seu CPDOC . Entre eles, o redator Manoel Borges Neto, o colunista Mauro Santayana e o repórter Luiz Orlando Carneiro.

Viva Castelinho!

Como Santayana e Borges, LuizOC tem histórias excelentes no baú memorial, como as de convivências com Castelinho, que dizia orar todas as manhãs. ‘Como, se você é agnóstico?’, perguntara Luiz. E o famoso colunista, com ponta de sorriso: ‘Leio uma página de Machado de Assis todas as manhãs’. A obra do ‘bruxo’ Era a sua ‘Bíblia’.

Ponto Final

“O maior problema do Brasil é a impunidade”

 

4 Opiniões

  1. Vitafer disse:

    Não se pune e não confiscam os bens surrupiados.

  2. José Milton DeQuevedo disse:

    Isto aqui é Republica Bananeira Gente! Queriam que Santa Cruz y Pindorama virasse país de 1º Mundo com Leis especificas onde ninguém tem o Rabo Preso..

  3. Joma Bastos disse:

    “O maior problema do Brasil é a impunidade” !!!

  4. Joaquim Caldas disse:

    Era e é,justamente com essa conduta que o PT extraía de seus prefeitos e governadores valores pra sua campanha presidencial,parcela de sacrifícios dos eleitos por Lula.Isso não justifica a queda de Aécio,isso é uma porção para Dilma,que está inserida até a medula na corrupção do PeTrobrás..

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *