Início » Brasil » Greve de médicos leva DF a decretar estado de emergência
Crise na Saúde

Greve de médicos leva DF a decretar estado de emergência

Justiça considerou a greve ilegal e ordenou a volta dos médicos sob pena de multa

Greve de médicos leva DF a decretar estado de emergência
Médicos em greve cobram pagamentos atrasados (Reprodução/G1)

A saúde está em crise no Distrito Federal. Faltam médicos, remédios, equipamentos e leitos. Nesta segunda-feira, 19, o governo da capital decretou estado de emergência da saúde por 180 dias. A decisão foi tomada por causa da greve de médicos, já em seu quinto dia. Os médicos reivindicam pagamentos atrasados, como décimo terceiro salário e horas extras. A greve levou ao fechamento de leitos da UTI de centros hospitalares do DF.

A pedido do governo, que entrou com uma ação contra a paralisação, a Justiça decretou o fim imediato da greve, sob pena de multa diária de R$ 80 mil em caso de descumprimento. A dívida do DF na área da saúde é de R$ 720 milhões.

O estado de emergência permite que o governo adquira remédios e equipamentos sem abrir licitação , autoriza a realização de horas extras e a prorrogação de contratos temporários. Profissionais da área de saúde do Corpo de Bombeiros, da Policia Militar e da Policia Civil do DF poderão ser convocados para reforçar o atendimento na rede pública. O governo do DF também poderá pedir ajuda financeira ao Ministério da Saúde.

Fontes:
G1 - Justiça determina fim imediato da greve dos médicos no DF

3 Opiniões

  1. CALVONO disse:

    NÃO, o ex-governador que acaba de sair,deixou só problemas pra trás.

  2. CALVONO disse:

    OS FUNCIONARIOS ESTADUAIS DO DISTRITO FEDERAL,estão vivendo o pÓs-PT.

  3. Ludwig Von Drake disse:

    Essa notícia merece uma reflexão: quer dizer que o governo tem uma dívida de 720 milhões, quebra a Saúde, deve salário aos funcionários; e o Sindicato dos médicos é que paga a multa?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *