Início » Brasil » Grevistas têm até terça para assinar acordo
Governo x sindicalistas

Grevistas têm até terça para assinar acordo

Governo deu prazo até esta terça-feira, 28, para servidores assinarem acordo concordando com reajuste de 15,8%

Grevistas têm até terça para assinar acordo
Grevista durante protesto (Fonte: Reprodução/AFP)

Terminou neste domingo, 26, sem acordo, mais uma rodada de negociações entre representantes do governo Dilma e servidores federais em greve, que agora têm até esta terça-feira, 28, para assinarem acordo concordando com o reajuste proposto pelo governo.

O Ministério do Planejamento informou que as categorias que não concordarem com o reajuste de 15,8%, dividido em três anos, ficarão sem aumento em 2013.

Apesar da visível insatisfação dos servidores após as negociações neste final de semana, o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, afirmou que está confiante de que a maioria das categorias dos servidores públicos em greve vai assinar o acordo com o governo.~

Dirigentes do PT têm criticado a tensão que o governo criou com o movimento sindical, principalmente a postura da presidente Dilma e do ministro da Fazendo, Guido Mantega, acusados de “apostar no cansaço” dos manifestantes e de contrariar a tradição petista. Há divergências dentro da base sobre a forma como a questão sindical é tratada no governo, principalmente quanto à demora da presidente em iniciar o processo de negociação com os servidores, que acabaram “se radicalizando”.

 

Números discrepantes

 

Desde o início do processo de negociação de reajuste com os sindicatos, em março, mais de 200 reuniões já foram realizadas.

Termina no próximo dia 31 o prazo limite para envio do Orçamento ao Congresso Nacional, com a previsão de gastos com a folha de pagamento dos servidores no próximo ano. Até agora, apenas as negociações com a área de educação foram resolvidas.

Enquanto o governo Dilma estima que 80 mil servidores públicos federais estejam em greve, os sindicatos dizem que o número é muito maior: cerca de 350 mil.

Fontes:
Último Segundo - Governo encerra negociações e dá prazo até terça-feira para acordo com grevistas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *