Início » Brasil » Henrique Alves defende legalização dos jogos de azar
'ESTÍMULO AO TURISMO'

Henrique Alves defende legalização dos jogos de azar

'A ideia é legalizar todo tipo de jogo. Hoje o jogo existe de forma clandestina e sem gerar qualquer benefício para o Estado', afirmou o novo ministro do Turismo

Henrique Alves defende legalização dos jogos de azar
Temer é 'simpático' à ideia, segundo ministro do Turismo (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O novo ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, defende a legalização dos jogos de azar como medida para estimular o turismo e a retomada da atividade econômica no país.

Leia também: Os jogos de azar devem ser legalizados no Brasil?

“A ideia é legalizar todo tipo de jogo. Hoje o jogo existe de forma clandestina e sem gerar qualquer benefício para o Estado”, afirmou o ministro ao jornal Folha de S.Paulo.

A proposta também é defendida pelo ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, outro auxiliar próximo ao presidente em exercício, Michel Temer. “Pessoalmente, não vejo porque não tocar adiante. Acho importante para o turismo e para a geração de receita”, afirmou Geddel.

De acordo com Alves, Temer é “simpático” à ideia. O assunto, no entanto, ainda não foi discutido pelo presidente em exercício.

O Ministério Público Federal acredita, por sua vez, que a legalização dos jogos de azar pode estimular práticas como lavagem de dinheiro e corrupção.

Outros dois ministros de Temer já defenderam — em outros momentos — a legalização dos jogos. Maurício Quintella Lessa, dos Transportes, apresentou em 2008 um projeto para legalização dos cassinos. Já Blairo Maggi, da Agricultura, é autor de um relatório aprovado em março por uma comissão especial e que ainda será votado no plenário do Senado que libera cassinos, bingos, caça-níqueis e jogo do bicho.

A possibilidade da legalização dos jogos chegou a ser estudada no governo Dilma no fim do ano passado, mas nenhuma proposta foi enviada ao Congresso.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Ministros de Temer querem a legalização de jogos de azar

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *