Início » Brasil » IDH municipal avança quase 50% em 20 anos
Pnud

IDH municipal avança quase 50% em 20 anos

Classificação do IDHM do Brasil mudou de 'muito baixo' para 'alto desenvolvimento humano'

IDH municipal avança quase 50% em 20 anos
IDHM é composto por três indicadores: longevidade, educação e renda (Fonte: Reprodução/wbbindex.org)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

De acordo com o “Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013”, divulgado nesta segunda-feira, 29, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), entre 1991 e 2010 o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) geral do Brasil avançou 47,5%, de 0,493 para 0,727.

Com a nova avaliação, a classificação do IDH municipal do país mudou de “muito baixo” em 1991 para “alto desenvolvimento humano” em 2010.

São Caetano do Sul (SP) é a cidade com o melhor IDHM do Brasil, seguida por Águas de São Pedro (SP), Florianópolis (SC), Vitória (ES), Balneário Camboriú (SC), Santos (SP), Niterói (RJ), Joaçaba (SC), Brasília (DF) e Curitiba (PR).

Longevidade, renda e educação

O IDHM é composto por três indicadores: longevidade, educação e renda. O índice tem critérios diferentes do IDH global, que é divulgado anualmente pelo Pnud e que compara o desenvolvimento humano entre países.

Ainda de acordo com o novo índice divulgado pelo Pnud, atualmente 74% das cidades brasileiras estão nas faixas de “médio” e “alto desenvolvimento humano”, e cerca de 25% estão na faixa de “baixo desenvolvimento”.

A maioria das cidades na faixa de “alto desenvolvimento humano” está concentrada nas regiões Sul e Sudeste.

Fontes:
G1 - IDH municipal do Brasil cresce 47,5% em 20 anos, aponta Pnud

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    É uma vergonha achar que é um grande salto, nós a 20 anos atrás estavamos 100 anos defazados da Europa, hoje estamos 50 anos da Asia, e mostrar que foi um crescimento significativo? só bobo para não perceber que continuamos na rabeira do mundo, enquanto os tres poderes de uma pseudo republica continuarem a gastar e custar mais caro que um país desenvolvido nada mudará, senadores alterando idade para reseber aposentadoria, juizes vendendo sentenças e sendo conivente com toda a bandalheira, deputados concordando só para se dar bem, e um povo que não pensa em seus velhos com respeito e dignidade, levaremos mais 20 anos e estaremos com o mesmo idhi proporcionalmente.

  2. André Luiz de Jesus Silva disse:

    Sinceramente não consigo ver veracidade nesses dados. Nas escolas os alunos são condicionados a gostarem de não aprender, e quando são pressionados a apresentarem resultados, ou seja, estudarem, reclamam. Longevidade? Só se for entre os ricos. Pobre (que é a maioria) depende de Posto de Saúde e Hospital público, que na maioria dos casos são de qualidade, no mínimo, questionável, fora o atendimento medíocre. E ai daquele que falar isso!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *