Início » Brasil » Imigração de brasileiros aos EUA cresce às vésperas da posse de Trump
IMIGRANTES ILEGAIS

Imigração de brasileiros aos EUA cresce às vésperas da posse de Trump

Número de brasileiros presos e deportados pela Patrulha da Fronteira americana disparou desde a eleição de Donald Trump

Imigração de brasileiros aos EUA cresce às vésperas da posse de Trump
Nos últimos dois meses do ano passado, foram 940 brasileiros pegos tentando cruzar a fronteira do país, em uma média de 15,4 detenções por dia (Foto: Wikimedia)

Com a promessa do presidente eleito americano, Donald Trump, de endurecer a fiscalização com imigrantes nos Estados Unidos, brasileiros que tentam atravessar a fronteira do país clandestinamente vêm alterando seus planos para emigrar antes da posse presidencial, marcada para 20 de janeiro.

É o que indicam os dados da Patrulha da Fronteira dos EUA, que aponta um crescimento na quantidade de brasileiros presos e deportados. Desde que o empresário americano foi eleito, em novembro, o número de brasileiros pegos tentando cruzar a fronteira do país disparou.

Nos últimos dois meses do ano passado, foram 940 brasileiros pegos tentando cruzar a fronteira do país, em uma média de 15,4 detenções por dia. Esse índice é 73% maior que a média diária do ano fiscal de 2016 americano (1 de outubro de 2015 a 30 de setembro de 2016), quando 3.252 brasileiros foram detidos, o equivalente a 8,9 casos por dia.

Os números do ano fiscal de 2016 são ainda maiores comparados com 2015, que registrou 1.344 detenções – média de 3,6 casos por dia –, o que simboliza um aumento de 142% nos casos.

Rota nas Bahamas

Apesar da maioria dos brasileiros preferirem cruzar a fronteira pelo México, uma rota alternativa tem se revelado e uma pequena parcela dos imigrantes ilegais tem optado pelas Bahamas como porta de entrada para os Estados Unidos.

Segundo dados preliminares, foram 26 brasileiros deportados do país entre novembro e dezembro, enquanto nos dez meses anteriores foram registradas 30 deportações.

O caminho é escolhido por conta da curta distância entre os dois países – são 92 km que separam a pequena ilha de Bimini, nas Bahamas, e Miami.

Crise brasileira e muro no México

De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, o principal motivo que tem levado brasileiros a deixar o país é a crise econômica prolongada.

Além disso, as recentes promessas do novo presidente americano, que inclui a construção de um muro que separa os Estados Unidos do México, têm feito com que não só brasileiros mas também mexicanos e centro-americanos apressem suas viagens clandestinas. Na última sexta-feira, 6, Trump voltou a falar do muro e declarou que as obras começarão em abril.

O magnata também promete maior rigidez em relação aos que estão irregularmente no país e afirma que promoverá deportações em massa.

“Toda vez que entra um republicano, a América dá uma retraída”, afirmou um imigrante deportado das Bahamas em entrevista à Folha de S. Paulo.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Busca de brasileiros por imigração aos EUA cresce às vésperas de Trump

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    Todo mundo critica os States, mas na hora do “pega pra capar”, todos esses inconsequentes tentam entrar por baixo do pano ou por cima do muro. Uma vez lá dentro vão para a rua 46 elogiar e puxar o saco da malditadilma e da HIllary Rousseff Clinton além do lularápio e do OBOBAMA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *