Início » Brasil » ‘Incidentes’ frustam visita de senadores à Venezuela
Hostilizados

‘Incidentes’ frustam visita de senadores à Venezuela

Comitiva pretende cobrar do governo brasileiro uma reação dura a uma 'clara provocação' do governo venezuelano

‘Incidentes’ frustam visita de senadores à Venezuela
Ônibus é cercado por manifestantes (Fonte: Reprodução)

A comitiva de senadores brasileiros que foi à Venezuela para visitar presos políticos foi hostilizada e acabou retornando ao Brasil sem cumprir a agenda prevista.

O ônibus no qual estava o grupo, que viajou nesta quinta-feira, 18, foi cercado por manifestantes. Os senadores decidiram retornar e desembarcaram no início da madrugada desta sexta-feira, 19, na Base Aérea de Brasília.

O governo brasileiro declarou que lamenta os “incidentes” que frustaram a visita dos senadores brasileiros e ressaltou que são “inaceitáveis” atos hostis praticados contra eles por manifestantes.

A comitiva, composta pelo presidente da Comissão de Relações Internacionais, Aloizio Nunes (PSDB-SP), e pelos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Ronaldo Caiado (DEM-GO), José Agripino (DEM-RN), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), José Medeiros (PPS-MT) e Sérgio Petecão (PSD-AC), pretende cobrar do governo brasileiro uma reação dura a uma “clara provocação” do governo venezuelano.

O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima, afirmou que “a nossa embaixada nos virou as costas”, referindo-se ao fato de o embaixador não ter acompanhado a delegação durante a visita à Venezuela.

O Itamaraty, por sua vez, informou que o embaixador do Brasil na Venezuela recebeu os senadores na sua chegada ao aeroporto e que os parlamentares embarcaram em veículo da embaixada brasileira.

Fontes:
G1 - Senadores que foram à Venezuela desembarcam em Brasília

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *