Início » Brasil » Início do horário de verão é adiado para 18 de novembro
APÓS PEDIDO DO MEC

Início do horário de verão é adiado para 18 de novembro

Após pedido do MEC, governo decidiu adiar, mais uma vez, o início do horário de verão

Início do horário de verão é adiado para 18 de novembro
O horário de verão termina no terceiro domingo de fevereiro de 2019 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O governo federal decidiu atender a um pedido do Ministério da Educação e vai adiar mais uma vez o início do horário de verão, agora para o dia 18 de novembro. A decisão será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

O horário de verão, que já tinha sido adiado em função das eleições, estava previsto para começar no dia 4 de novembro, justamente no primeiro dia das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O MEC fez então o pedido do novo adiamento para que os estudantes não fossem prejudicados. A segunda prova do Enem está prevista para o dia 11 de novembro.

Em geral, os relógios devem ser adiantados em uma hora ainda em outubro. Por conta das eleições, o presidente Michel Temer assinou um decreto no fim do ano passado adiando o horário de verão para novembro.

O horário de verão termina no terceiro domingo de fevereiro de 2019, quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora.

Os estados que adotam o horário de verão são: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Fontes:
G1 - Governo adia início do horário de verão para 18 de novembro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Antonio de Pádua disse:

    É um circo. Não há economia nenhuma. As pessoas estão confinadas em casa por conta da violência, com isso, gastam mais água e energia elétrica. Sem que contar que muitas dessas pessoas, não tem GATO em casa, tem sim verdadeiros LEÕES ! Me entenderam ? Depois do horário de verão, nós é que pagamos a conta de tudo isso.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *