Início » Brasil » Ipea revela que 54% dos domicílios no Brasil têm carro ou moto
Levantamento

Ipea revela que 54% dos domicílios no Brasil têm carro ou moto

Aumento do uso de veículos particulares se dá em detrimento do uso do transporte público

Ipea revela que 54% dos domicílios no Brasil têm carro ou moto
O trânsito nas cidades grandes está cada vez mais complicado (Fonte: Reprodução/O Tempo)

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira, 24, pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) revelou que 54% dos domicílios no país têm carro ou moto.

O levantamento foi baseado em dados da Pesquisa Nacional por Domicílio (Pnad) feita no ano passado pelo IBGE.

De acordo com um dos responsáveis pelo estudo, essa é a primeira vez que a maioria dos domicílios conta com um veículo próprio. O pesquisador Carlos Henrique de Carvalho afirmou ainda que a taxa de motorização está aumentando em todas as classes sociais.

O Ipea ressaltou que os dados revelam que o aumento do uso de veículos particulares se dá em detrimento do uso do transporte público. A previsão é de uma possível piora no trânsito das grandes cidades.

Confira abaixo o percentual de carros e motos por domicílio nos estados brasileiros:

Santa Catarina: 74,3%
Rondônia: 68,2%
Mato Grosso: 67,9%
Paraná: 67,7%
Mato Grosso do Sul: 66,7%
Distrito Federal: 64,1%
Roraima: 63,7%
São Paulo: 63,7%
Goiás: 63,2%
Rio Grande do Sul: 61,5%
Piauí: 58,4%
Tocantins: 57,5%
Minas Gerais: 56,7%
Espírito Santo: 54,6%
Rio Grande do Norte: 51,1%
Paraíba: 47,6%
Acre: 46,9%
Ceará: 45,2%
Sergipe: 43,0%
Maranhão: 41,0%
Rio de Janeiro: 40,9%
Pernambuco: 38,4%
Pará: 36,5%
Amapá: 36,3%
Bahia: 36,1%
Amazonas: 33,8%
Alagoas: 32,4%

Fontes:
G1 - Mais da metade dos domicílios têm carro ou moto, diz Ipea

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Luiz Ramos disse:

    O metalúrgico enganador estimulou a motorização de todos. Nos onze anos de governo petista não se fez quase nada de estradas. O transporte coletivo de qualidade foi totalmente abandonado. Então, esperar o que? Triste País onde um analfabeto chega ao mais alto posto.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *