Início » Brasil » Iraque acusa o Brasil de ser omisso na luta contra o Isis
diplomacia apática

Iraque acusa o Brasil de ser omisso na luta contra o Isis

Membros do governo iraquiano cobram posicionamento do Brasil no combate e dizem que é hora do país reparar o mal que fez quando apoiou o regime de Saddam Hussein

Iraque acusa o Brasil de ser omisso na luta contra o Isis
'Brasil não faz nada diante das meninas de 12 anos sendo estupradas e jornalistas decapitados', diz diplomata curdo (Reprodução/Internet)

Diplomatas e parlamentares do Iraque acusam o Brasil de ser omisso na luta internacional contra o Estado Islâmico (Isis), sem colaborar com ajuda humanitária, treinamento ou armas.

Segundo Amin Najar, líder do partido curdo KDP, que comanda a região norte do Iraque, está na hora do Brasil reparar o mal que fez ao país quando apoiou o regime de Saddam Hussein. “O Brasil ofereceu armas pesadas a Saddam Hussein, e sofremos com isso. Está na hora de nos ajudar na luta contra o Isis”, disse Najar, em entrevista à Folha.

Durante a guerra Irã-Iraque, ocorrida entre 1980 e 1988, o Brasil vendeu armas e blindados para as forças de Saddam, que usaram até armas químicas contra os curdos, atualmente na linha de frente contra o Isis.

Um diplomata curdo, que falou à Folha em condição de anonimato, disse que “é um absurdo o Brasil, país que tem ambições globais, não se posicionar sobre o tema”. “Não sabemos qual é a posição do Brasil em relação ao Isis. A Alemanha nos ajuda com armas treinamento e ajuda humanitária. Os EUA também. E o Brasil? Não faz nada diante das meninas de 12 anos sendo estupradas e jornalistas decapitados?”

Em nota, o Itamaraty disse que o Iraque não pediu a cooperação do Brasil no conflito, nem manifestou insatisfação com as relações bilaterais.

“Pelo contrário, as autoridades iraquianas agradeceram ao Brasil pela manutenção das atividades da Embaixada do Brasil em Bagdá e pela condição do Iraque como fornecedor privilegiado de petróleo ao Brasil”, diz a nota do órgão.

Fontes:
Folha-Iraque reclama de omissão do Brasil na luta contra facção terrorista

5 Opiniões

  1. aAlmanakut Brasil disse:

    MUITO MAIS DO QUE ANÃO DIPLOMÁTICO, SIMPLESMENTE UM PAÍS GOVERNADO POR TIPOS QUE REPRESENTAM A PARTE “VERMELHA DO MAPA” E GENTE QUE TEM MORAL ESTRAGADA!

    Existe “ex-terrorista?

    BrasilWiki

    http://www.brasilwiki.com.br/noticia.php?id_noticia=7658

  2. jayme endebo disse:

    Primeiramente temos que expulsar essa quadrilha de bandidos que se instalou no poder em Brasilia e depois teremos muito trabalho para reconstruir e reparar os erros cometidos por estes irresponsáveis que fizeram em nosso nome.

  3. Henrique de Almeida Lara disse:

    Não se pode esperar outra postura de um país que tem uma presidente que defende terroristas no encontro das nações, e envergonha dolorosamente a todos nós brasileiros. Ó povo brasileiro! Alerta! O nosso País está indo de mal a pior nas mãos desses pseudos comunistas!

  4. Jose Milton De Quevedo disse:

    Na Realidade o Regime Comunista Brasileiro(Disfarçado) É um Apoiador do EI e está pouco preocupado em condenar estes atos de Barbarie explicitas cometidos por eles.
    Além do EI outras organizações Criminosas como Fatah, Hamas, Hisbollah, recebem recursos econômicos deste Governo PTralha que está no Poder.
    Então se vocês esperarem alguma ajuda do Brasil e melhor se entregarem aos famigerados do EI.

  5. DJALMA BENTES disse:

    A despreparada (nem tanto) declarou que quer diálogo, o que se há de esperar então ?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *