Início » Brasil » Jair Bolsonaro leva facada e é operado
ELEIÇÕES E VIOLÊNCIA

Jair Bolsonaro leva facada e é operado

Bolsonaro foi operado e depois encaminhado para a UTI. Agressor está preso.

Jair Bolsonaro leva facada e é operado
Jais Bolsonaro em ato de campanha em Juiz de Fora (Fonte: Reprodução/Twitter)

O candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro, levou uma facada durante um ato de campanha na tarde desta quinta-feira, 6, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, quando era carregado nos ombros de militantes.

Jair Bolsonaro foi operado no início da noite na Santa Casa de Juiz de Fora. Ele sofreu lesões numa artéria e no intestino. Após a operação ele foi encaminhado para a UTI, com quadro estável.

A PM de Minas Gerais divulgou o nome do agressor: Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. Ele foi preso logo após o ataque e foi encaminhado para custódia da Polícia Federal.

Mais cedo, também em Juiz de Fora, Bolsonaro disse que sua polêmica declaração sobre “fuzilar a petralhada”, dada dias atrás durante outro ato de campanha, no Acre, foi “figura de linguagem”.

O candidato a vice-presidente na chapa do PT, Fernando Haddad, manifestou-se dizendo que o ataque a Bolsonaro é “absurdo” e “lastimável”. O também presidenciável Ciro Gomes classificou o ataque como “barbárie”. Geraldo Alckmin, após o ataque a Bolsonaro, disse que “política se faz com diálogo e convencimento, jamais com ódio”. Para Marina Silva, o ataque a Bolsonaro foi um duplo atentado: “contra sua integridade física e contra a democracia”.

O presidente Michel Temer também se manifestou, dizendo que “é intolerável que nós vivamos num estado democrático de direito que não haja possibilidade de uma campanha tranquila”.

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou, sobre o ataque a Bolsonaro: “Eu acho lamentável. Agora, acho que incentivar o ódio cria esse tipo de atitude”.

A OAB se pronunciou sobre o episódio, em nota:

“A Ordem dos Advogados do Brasil manifesta repúdio ao ato de violência praticado contra o candidato Jair Bolsonaro. A democracia não comporta esse tipo de situação”.

Fontes:
Veja - Bolsonaro é esfaqueado em Juiz de Fora
Folha - Eleições 2018: Bolsonaro interrompe ato de campanha após ser esfaqueado em Juiz de Fora, diz PM

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. MARIA DE NAZARÉ LOURINHO REVERT disse:

    Será que alguém acredita mesmo nessa cena?????

  2. carlos alberto martins disse:

    se fosse candidato do PT,iriam dizer que foi golpe articulado pelo capitalismo selvagem das forças ocultas da direita.o empobrecimento da nossa cultura política é nefasta em virtude de determinados fanáticos partidários pensarem que são os donos da verdade,quando na verdade são escravos de segmentos que não condizem com a harmonia social.para eles quanto pior mais são felizes.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *