Início » Brasil » João de Deus é indiciado por violação sexual mediante fraude
MÉDIUM

João de Deus é indiciado por violação sexual mediante fraude

Indiciamento é sustentado em uma denúncia feita por uma mulher de 39 anos

João de Deus é indiciado por violação sexual mediante fraude
Médium nega os supostos crimes (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A Polícia Civil indiciou nesta quinta-feira, 20, o médium João de Deus pelo crime de violação sexual mediante fraude. Na condenação por este crime, a pena varia de dois a seis anos de prisão.

Leia também: Justiça nega habeas corpus a João de Deus

O indiciamento é sustentado em uma denúncia feita por uma mulher de 39 anos que teria sofrido abuso sexual durante um atendimento espiritual em outubro deste ano.

Foram ouvidas até agora 16 supostas vítimas de João de Deus, que tem 76 anos de idade. O Ministério Público de Goiás já recebeu, por sua vez, mais de 500 relatos de abusos sexuais. O médium está preso preventivamente desde o último domingo, 16, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Investigadores acreditam que João de Deus pode ser indiciado por três crimes: violação sexual mediante fraude, estupro e estupro de vulnerável. Todos preveem pena de prisão.

Também nesta quinta-feira, a defesa do médium, que nega os supostos crimes, entrou com um pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fontes:
EBC - Polícia Civil indicia João de Deus por violação sexual mediante fraude

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *