Início » Brasil » Joaquim Barbosa anuncia apoio a Haddad
ELEIÇÕES 2018

Joaquim Barbosa anuncia apoio a Haddad

Além de Barbosa, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot também anunciou apoio a Haddad. Ambos afirmaram decisão frente ao temor do avanço da intolerância

Joaquim Barbosa anuncia apoio a Haddad
Ambos afirmaram tomar sua decisão frente ao temor do avanço da intolerância (Foto: Wikipédia)

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa e o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot declararam neste sábado, 27, voto no presidenciável Fernando Haddad (PT). Ambos afirmaram tomar sua decisão frente ao temor do avanço da intolerância.

Barbosa foi relator dos processos do escândalo do Mensalão, que resultaram na condenação de mais de 20 pessoas, entre elas os petistas José Dirceu e José Genoino. No início deste ano, ele foi um dos nomes mais cotados para disputar as eleições presidenciais, e chegou a se filiar ao PSB e a se reunir com líderes da cúpula do partido para discutir uma possível candidatura. Porém, em maio, ele anunciou que não concorreria no pleito, afirmando que sua decisão estritamente pessoal.

Em uma postagem no Twitter, Barbosa argumentou que sua decisão é tomada diante do temor inspirado pelo adversário de Haddad nestas eleições, Jair Bolsonaro (PSL).

A postagem gerou reação de Bolsonaro, que divulgou um trecho de vídeo do ex-ministro, que sugeria que ele era o único que “não havia sido comprado pelo PT no esquema de corrupção conhecido como Mensalão”. O trecho do vídeo, no entanto, foi usado de forma descontextualizada, e horas depois Barbosa desmentiu a afirmação de Bolsonaro em uma nova postagem.

Janot, por sua vez, atuou no Ministério Público Federal – entre 2013 e 2017 – durante a intensificação da operação Lava Jato e foi responsável por denúncias contra membros do PT. Ele também anunciou seu apoio a Haddad através do Twitter e disse votar em Haddad por exclusão.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Francisco Taborda disse:

    Interessante!

    E o candidato do PT, laranja confesso de Luiz Inácio, não lhe mete medo, excelência? Nem mesmo depois de se ter ouvido poucas e boas de suas fontes de inspiração? Talvez, valha a pena mandar aferir a sua balança. Ou, então, fazer uma visitinha rápida à Venezuela. De preferência na companhia do Zé Dirceu.

    A democracia é fantastica. Permite expressarmos nossas opiniões e angústias, livremente. Um grande democrata que viveu no hemisfério norte, no século XIX, teria dito que algumas pessoas evitam ficar caladas pois temeriam parecer tolos diante do público e, a seguir, emendou que ao se manifestarem dariam a certeza de que realmente o são.

    Que Deus lhe ilumine e se apiade de nós.

  2. Jayme endebo disse:

    Esse cara nao respeita a justiça brasileira pois se respeitasse nao votaria em candidato com 32 processos nas costas. Ministro covarde que fugiu do tribunal porque deveria ter rabo preso e os petistas iriam liquidar com a sua pose de paladino da justiça.
    Seu voto nao vale nada.

  3. carlos alberto martins disse:

    a estátua da justiça tem uma venda tapando seus olhos,ainda bem que éla não possa ver os que os srs Joaquim e Janot fazem da justiça um verdadeiro circo em frangalhos de uma constituição falida.agora eles demonstram que são verdadeiros apoiadores dos políticos que afundaram o congresso e o senado em um verdadeiro mar de fétida lama da corrupção.mais neste exato momento o capitão Bolsonaro está eleito presidente da república,os incomodados que se mudem,pois para eles há muito espaço na penitnciaria.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *