Início » Brasil » Joaquim Barbosa: candidato em 2018?
ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Joaquim Barbosa: candidato em 2018?

Ex-ministro do Supremo admite que não descarta se candidatar a presidente em 2018

Joaquim Barbosa: candidato em 2018?
Barbosa disse ainda que já conversou com líderes de partidos políticos (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa admitiu nesta quarta-feira, 7, que não descarta se candidatar à presidência da República em 2018.

Embora tenha ressaltado que “ainda hesita” em relação ao assunto, Barbosa disse que não ignora as pesquisas eleitorais e que já conversou com líderes de partidos políticos.

“Eu sou um cidadão brasileiro, um cidadão pleno, há três anos livre das amarras de cargos públicos, mas sou um observador atento da vida brasileira. Portanto, a decisão de me candidatar ou não está na minha esfera de deliberação. Só que eu sou muito hesitante em relação a isso. Não sei se decidirei positivamente neste sentido”, disse o ex-ministro, que participou de uma solenidade na tarde desta quarta no STF. Ele foi homenageado com uma foto na galeria de ex-presidentes do tribunal.

Barbosa afirmou também que, apesar de já ter conversado sobre uma possível candidatura, não assumiu qualquer compromisso: “Já conversei com líderes de partidos políticos, dois ou três. Até mesmo quando estava no Supremo fui sondado, sondagens superficiais. Ano passado, tive conversas com Marina Silva. Mais recentemente, tive conversas, troca de impressões, com a direção do PSB. Mas nada de concreto em termos de oferta de legenda para candidatura, mesmo porque eu não sei se eu decidiria dar este passo. Eu hesito”.

Em relação ao atual momento político do país, Barbosa defendeu a eleição direta em caso de vacância da presidência da República: “Veja bem, a Constituição brasileira prevê eleição indireta. Mas eu não vejo tabu de modificar Constituição em situação emergencial como esta para se dar a palavra ao povo. Em democracia, isso é que é feito”.

Fontes:
Uol - Joaquim Barbosa admite chance de candidatura em 2018 e revela conversa com Marina

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Beraldo disse:

    Aprenda Gilmar Mendes.

  2. Carlos Valoir Simões disse:

    Frases como:
    “(…) a decisão de me candidatar ou não está na minha esfera de deliberação. Só que eu sou muito hesitante em relação a isso. Não sei se decidirei positivamente neste sentido”.
    E expressões do tipo: “(…) troca de impressões”. Tornam o ex-ministro inacessível para a maioria dos seus prováveis eleitores, que nos últimos anos, foram acostumados a não entender qualquer coisa que venha depois de “companheiros e companheiras”.

  3. carlos alberto martins disse:

    estou torcendo para ele aceitar, só assim, para nos livrar dos políticos de carreira.

  4. laercio disse:

    Joaquim será uma proposta interessante se não fizer associação com os imprestáveis que sempre estão na política.

    Penso que ele deveria constituir uma chapa com Jair Bolsonaro!
    Precisamos de gente com coragem de varrer as traças dos direitos humanos que defendem vagabundos…
    Precisamos de gente que volte a por censura na TV, assim eu não terei vergonha de assistir programas com minha família.

    Temos que acabar com o forte apelo imoral da mídia e das associações diversas que representam o direito dos manos bem como várias ONGs…

    Penso que o povo não deve nada virar em nenhuma das pessoas que já ocuparam cargos… Também não devem votar naqueles que estavam com quem não presta!

    Gente nova, sangue novo!

  5. Ronaldo disse:

    Ex Ministro do STF Joaquim Barbosa , constituem com, não mais de uma dezenas de homens ilustres, uma reserva moral deste nosso País, que fará com que milhões de pessoas honestas, caso se candidate, voltem a dar crédito as instituições públicas brasileiras, sejam elas do legislativo, judiciário e executivo, com letras minúsculas mesmo. Vide TSE.

  6. Tetê disse:

    Corre um boato que ele bateu na mulher dele e que é ´por isso que saiu as pressas do Tribunal. Onde há fumaça há fogo. Dizem tambem que o PT deu um dinheirão para ela retirar o BO na polícia. Se for mesmo verdade, ele é uma vergonha nacional. Estamos num Brasil tupiniquim onde tudo é permitido até um juiz que bate na mulher!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *