Início » Brasil » Jornal diz que dono da JBS relatou crimes a Temer
CONVERSA GRAVADA

Jornal diz que dono da JBS relatou crimes a Temer

Reportagem do jornal O Globo afirma que presidente foi informado sobre tentativas de obstrução à Justiça

Jornal diz que dono da JBS relatou crimes a Temer
Temer afirmou que não vai renunciar ao cargo (Fonte: Reprodução/AP)

Uma reportagem publicada no jornal O Globo revelou que o dono da JBS, Joesley Batista, relatou crimes ao presidente Michel Temer, que, por sua vez, não fez nada.

Leia também: Fachin autoriza abertura de inquérito contra Temer

De acordo com o jornal, áudios gravados pelo empresário mostram que Temer escutou, sem fazer objeção e nem reportar posteriormente aos órgãos competentes, um relato de Joesley que incluía detalhes de mecanismos usados para obstruir a Justiça, como cooptação de juízes e procuradores.

O presidente também não teria repreendido o interlocutor quando foi informado sobre pagamentos ilegais ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB).

Em documento enviado ao STF, no qual pediu a abertura de inquérito para investigar Michel Temer, o PGR, Rodrigo Janot, ressaltou: “Joesley fala que segue pagando propina ‘todo mês, também’ a Eduardo Cunha, acerca da qual há a anuência do presidente da República”.

O áudio da conversa entre Joesley e Temer foi divulgado na noite desta quinta-feira, 18, pelo Supremo. A gravação tem cerca de 38 minutos e ocorreu em março, durante um encontro no Palácio do Jaburu.

Em um trecho da conversa, Joesley diz a Temer que está interferindo nas investigações contra ele. O presidente responde: “Ótimo, ótimo”. Em nota, o Palácio do Planalto informou que Michel Temer não acreditou na veracidade dessas informações.

Joesley Batista é um delator da Operação Lava Jato e também investigado pela operação Greenfield. Não está claro quem é o procurador citado pelo empresário na gravação: “Eu consegui o delator dentro da força-tarefa, que está… também está me dando informação. E lá que eu estou… Dá conta de trocar o procurador que está atrás de mim. Se eu der conta, tem o lado bom e o lado ruim. O lado bom é que dou uma esfriada até o outro chegar e tal. O lado ruim é que se vem um cara com raiva, com não sei o quê…”.

Em pronunciamento nesta quinta, antes da liberação do áudio pelo STF, Temer afirmou que não vai renunciar ao cargo, chamou as gravações de “clandestinas” e ressaltou que não tem “nada a esconder”.

Fontes:
O Globo - Dono da JBS relatou crimes a Temer, que nada fez

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Clécio rodrigues disse:

    Isto é uma vergonha, agora a bjs, relata o que os políticos pediram, mas ele não fala como conseguiram ser a maior empresa do mundo, só conseguiram porque pt mandarava, é minguem falava, presidente Lula e Dilma sabiam e ninguém mexia, agora foram para os estados unidos porque foram ameacado, só eles e outros que estão nesse caso, que país é esse. Tem dinheiro tem tudo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *