Início » Brasil » Jornalista japonês é agredido durante protesto no Rio
Repercussão dos protestos

Jornalista japonês é agredido durante protesto no Rio

Agressão ocorrida na última segunda-feira, 23, foi destaque na imprensa japonesa

Jornalista japonês é agredido durante protesto no Rio
O jornalista japonês Yasuyoshi Chiba, de 42 anos, estendeu a câmera para PMs, que revidaram com cassetete (Reprodução/AFP)

Um fotógrafo japonês da agência AFP foi agredido por um policial militar e sofreu um ferimento na cabeça na segunda-feira, 23, enquanto cobria uma manifestação sobre os gastos públicos com a visita do papa Francisco ao Brasil.

Opinião: Cabral precisa descobrir o Brasil
Notícia: Governador do Rio pede fim dos protestos na frente da sua casa
Notícia: Cabral acusa grupos internacionais de incentivar violência em protestos
Notícia: Governador do Rio será investigado por uso de helicóptero oficial

Yasuyoshi Chiba, de 42 anos, foi internado em uma clínica de Rio com sangramento abundante na cabeça. Ele recebeu três pontos e passou por uma tomografia.

O incidente ocorreu durante um confronto entre manifestantes e policiais perto da sede do governo estadual do Rio, onde o papa Francisco se reunia com a presidente Dilma Rousseff, no primeiro dia de sua visita de uma semana ao Brasil.

“Eu vi um manifestante caído no chão. A polícia o agarrou e o levou embora”, disse Chiba. “Tirei fotos da cena, e de repente fui empurrado por outros policiais. Então eu levantei minhas mãos com a minha câmera para mostrar que eu era um fotógrafo. Foi quando um policial uniformizado, segurando um escudo me bateu com o cassetete na cabeça”.

 

Fontes:
Japan Times - Japanese journalist clubbed by police during protest in Rio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *