Início » Brasil » Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para janeiro
SEGUNDA INSTÂNCIA

Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para janeiro

Decisão do TRF-4 definirá se ex-presidente poderá ser candidato nas eleições de 2018

Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para janeiro
Defesa de Lula diz que condenação em primeira instância não foi baseada em provas (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) marcou para o dia 24 de janeiro o julgamento do recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá.

Leia também: Triplex estava ‘reservado’ para Lula, diz ex-diretor da OAS

Denunciado pelo Ministério Público Federal em setembro do ano passado, Lula foi condenado em julho deste ano pelo juiz de primeira instância Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Caso a sentença seja confirmada pelo TRF-4, Lula ficará inelegível e não poderá ser candidato nas eleições de 2018.

O recurso apresentado pela defesa do ex-presidente será julgado pela 8ª Turma do tribunal. A data do julgamento foi marcada a pedido do desembargador Leandro Paulsen, revisor do voto do relator, o desembargador João Pedro Gebran Neto, que levou 142 dias para preparar seu voto e encaminhá-lo ao revisor.

Um levantamento feito pelo jornal O Globo mostra que o texto do relator ficou pronto em metade do tempo em relação à média de outros processos.

A defesa do ex-presidente Lula afirmou, em nota, que a condenação em primeira instância não foi baseada em provas. “Agora temos que debater o caso também sob a perspectiva de violação da isonomia de tratamento, que é uma garantia fundamental de qualquer cidadão. Esperamos que a explicação para essa tramitação recorde seja a facilidade de constatar a nulidade do processo e a inocência de Lula”, ressaltou o advogado Cristiano Zanin Martins.

Fontes:
Terra - Tribunal marca julgamento de Lula em segunda instância

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    Inocência, que inocência os advogados defensores de Lula tem a dizer se foi provado que os recibos foram falsos. Se nossa justiça fosse mais enérgica Lula já estaria na cadeia a muitos anos pois foi a partir de seu governo que o país virou de cabeça pra baixo. Todos ver isso, só não ver o povo do PT e dos Sindicatos que são pagos pelo PT. Tenho fé em Deus que ele será julgado e irá para a cadeia ou seja para as profundezas do inferno.

  2. olbe disse:

    O Lula pode fazer campanha antes do tempo??????

    Lula agora está reclamando que foi rápido pra julgarem a sentença contra ele…mas ele não achou que foi rápida a condenação dele a 9 anos pelo juiz Moro e ele ainda está solto. Ele agora está convocando tudo mundo (pagando lanche) pra irem à Curitiba bagunçar a cidade..Igualzinho aos flamenguistas antes do jogo (bem feito que perderam, os Argentinos saíram do ônibus com gás de pimenta nos olhos) e o Estado Islâmico que nunca debate por seus direitos, tem sempre que matar e enviar foguetes para matar cidadãos israelenses..

  3. Vitafer disse:

    Vamos ver no quê dá!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *