Início » Brasil » Juscelino Kubitschek
Nesta data

Juscelino Kubitschek

No dia 12 de setembro de 1902, nasceu Juscelino Kubitschek

Juscelino Kubitschek
Um de seus principais feitos foi a construção da cidade de Brasília e instituição do Distrito Federal (Foto: Presidência da República)

Juscelino Kubitschek de Oliveira nasceu em 12 de setembro de 1902 em Diamantina, Minas Gerais, filho do caixeiro-viajante João César de Oliveira e da professora Júlia Kubitschek. Formou-se médico em Belo Horizonte, em 1927. Fez curso e estágio complementares em Paris e Berlim em 1930 e, de volta a Belo Horizonte, casou-se com Sara Lemos em 1931.

Trabalhava como capitão-médico da Polícia Militar quando fez amizade com o político e futuro governador Benedito Valadares. Nomeado interventor federal em Minas Gerais, em 1933, Valadares o apontou como seu chefe de gabinete. Em seguida, Kubitschek foi eleito deputado federal (1934-1937), nomeado prefeito de Belo Horizonte (1940-1945) e realizou obras de remodelação da capital.

Após uma gestão como deputado constituinte, em 1946, pelo PSD (Partido Social Democrático), foi eleito governador em Minas Gerais (1950 a 1954). Venceu a eleição para presidente da República com 36% dos votos, numa coligação PSD-PTB com o slogan “Cinquenta Anos em Cinco”.

Um de seus principais feitos foi a construção da cidade de Brasília e instituição do Distrito Federal, que marcou a transferência da capital federal (até então no Rio de Janeiro) em 21 de abril de 1960. Seu governo foi marcado por mudanças sociais e culturais como os festivais de música e a moda da bossa-nova.

Depois da presidência, JK, como era conhecido, foi eleito senador por Goiás em 1962, mas teve seu mandato cassado e os direitos políticos suspensos em 1964, pelo regime militar.

Em 1966, tentou organizar uma frente pela redemocratização do país, junto com Carlos Lacerda e João Goulart, mas não voltou mais ao poder. Afastou-se da política e dedicou-se ao trabalho como empresário. Morreu em um desastre automobilístico no quilômetro 165 da Via Dutra, nas proximidades de Resende, no Rio de Janeiro, em 22 de agosto de 1976.

Fontes:
Uol Educação - Juscelino Kubitschek de Oliveira

1 Opinião

  1. Haydée disse:

    GRATIDÃO DR. JUSCELINO !Foste um homem que atraiu nossa simpatia é o que se chama um bom homem.
    Aquele cuja bondade é a parte de si mesmo é o que se chama um verdadeiro homem.
    Cuja bondade completa que chamamos um belo homem.
    Aquela cuja bondade ainda se mostra BRILHANTEMENTE é o que nós o chamamos de um GRANDE HOMEM.
    Quando esse grande homem exerceu influência transformadora, é o que se chama e foi um sábio.
    Quando um sábio é superior ao nosso conhecimento, é o que se chama um homem de espírito. Foi um DINÂMICO!

    Saudade! Nossa preces. Nosso amor.
    Mensagem dos diamantinenses.
    Beijos, querida DIAMANTINA- MINAS GERAIS

    .

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *