Início » Brasil » Justiça nega habeas corpus a João de Deus
SUSPEITO DE ABUSOS SEXUAIS

Justiça nega habeas corpus a João de Deus

Defesa do médium afirmou que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça

Justiça nega habeas corpus a João de Deus
Médium João de Deus é suspeito de abusos sexuais (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A Justiça de Goiás negou nesta terça-feira, 18, o habeas corpus para o médium João de Deus, que é suspeito de abusos sexuais e se entregou à polícia no último domingo, 16.

Leia também: MP recebe mais de 500 denúncias contra João de Deus

A defesa do médium afirmou que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em nota à imprensa, o advogado Alberto Toron ressaltou que “apenas a liminar foi apreciada e negada. O julgamento final do habeas deverá se dar após o recesso. Discordamos da decisão e vamos recorrer ao STJ”.

O advogado quer transformar a prisão preventiva de João de Deus em prisão domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica. O pedido é baseado na idade avançada e no estado de saúde do médium, que está detido no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

O pedido de prisão preventiva contra João de Deus foi baseado em 15 denúncias, sendo todas por crimes sexuais.

Em buscas realizadas nesta terça na casa do médium, a Polícia Civil apreendeu uma mala com dinheiro e armas. Já na Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele atende, agentes apreenderam recibos e outros documentos. A corporação não divulgou, no entanto, o valor em dinheiro encontrado, nem o número e o tipo das armas apreendidas.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *