Início » Brasil » Justiça proíbe circulação de revista que liga Cid Gomes ao caso Petrobras
caso Petrobras

Justiça proíbe circulação de revista que liga Cid Gomes ao caso Petrobras

O governador está processando a Istoé por calúnia, difamação e danos morais, afirmando que a informação seria fruto de adversários políticos que desejam interferir nas eleições do estado

Justiça proíbe circulação de revista que liga Cid Gomes ao caso Petrobras
Gomes ganha na justiça o impedimento da circulação da revista (Reprodução/Internet)

A juíza de Fortaleza, Maria Marleide Maciel Queiroz, determinou o recolhimento e impedimento de circulação no país da última edição da Revista Istoé que liga o governador Cid Gomes ao caso Petrobras, conforme revelou depoimento do ex-diretor Paulo Roberto Costa. O pedido foi atendido, após o governador relatar ter recebido e-mail da revista, contando o que sairia na matéria.

Leia também: Paulo Roberto Costa cita mais quatro autoridades

“Entendo que a veiculação de seu nome aos fatos ligados à operação Lava Jato poderá causar dano irreparável ou de difícil reparação, vez que exerce um cargo público, da mais alta relevância, governador do estado do Ceará”, explicou a juíza, já que o processo corre em segredo de justiça.

A matéria também foi retirada do site, onde no lugar é publicada a mensagem: “A matéria que você tentou acessar foi retirada do ar por decisão da juíza Maria Marleide Maciel Queiroz, de Fortaleza”. E completa: “A revista estuda medida judicial que garanta seu direito constitucional de informar à sociedade assuntos de interesse público”.

O governador está processando a Istoé por calúnia, difamação e danos morais, afirmando que a informação seria fruto de adversários políticos que desejam interferir nas eleições do estado e justifica ainda não ter tido contato, nem conversa com o ex-diretor, de acordo com nota divulgada.

Fontes:
O Globo - Justiça do Ceará proíbe circulação de revista por relacionar Cid Gomes ao caso Petrobras

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. olbe disse:

    Cada vez a ousadia deste trambiqueiros é maior,…e não se faz nada…

  2. Isam disse:

    Como pode uma juíza de primeira instância ter todo esse poder? E quando prejudica em muitos outros assuntos? Por que não recebe a punição? SÓ NO BRASIL!

  3. Luiuz disse:

    Este país com este desgoverno está um BO…. Os superiores desta juíza mão dizem nada? Este é o País do faz de conta.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *