Início » Brasil » Lava-Jato conclui que PMDB tinha rede de operação no esquema da Petrobras
Corrupção

Lava-Jato conclui que PMDB tinha rede de operação no esquema da Petrobras

PMDB atuava em várias frentes para se beneficiar dos desvios

Lava-Jato conclui que PMDB tinha rede de operação no esquema da Petrobras
Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal (reprodução / Estadão)

Os investigadores da Operação Lava-Jato descobriram que, no sistema de corrupção da Petrobras, o PMDB atuava em várias frentes para se beneficiar dos desvios, ao contrário do PT e do PP. Cada uma das frentes do partido tinha seu próprio interlocutor nas diretorias da estatal para desviar os recursos dos contratos.

Segundo os investigadores a atuação do PMDB na Petrobras reproduz o modelo de organização descentralizada da sigla, onde se coloca como principal aliado do governo, mas loteado por diversos caciques, que se reportavam a uma pessoa ou a um grupo de poder e não diretamente ao partido como um todo.

Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal, admitiu que além de atuar pelo PP, partido que o indicou para o cargo, também atendia ao PMDB. Os repasses de dinheiro para o PMDB começou após o acordo  feito para mantê-lo  no cargo de direção.

Costa conta que adoeceu ao voltar da Índia e uma ala do PMDB aproveitaram para tentar tirá-lo da diretoria. Ao se recuperar seu padrinho político, José Janene, já havia se enfraquecido pelo seu envolvimento no mensalão e Costa precisava do apoio do PMDB.

Outra conclusão a que chegaram os investigadores é a de que o PMDB também se beneficiava por meio do consultor Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que está preso. Apesar de sua defesa negar que ele tenha participação no esquema, a Justiça bloqueou R$ 8,5 bilhões da conta de duas de suas empresas. A Lava-Jato concluiu que Baiano tinha  influência na Diretoria Internacional que foi comandada por Néstor Cerveró até 2008.

Ainda de acordo com os investigadores, o PP e o PT tinham operadores únicos no esquema, no caso do PP o operador era o doleiro Alberto Youssef, um dos delatores.

Fontes:
Estadão - Investigação vê rede de operadores do PMDB na Petrobras

1 Opinião

  1. jovelino bispo vieira disse:

    o pmdb ja perdeu sua ideologia a muito tempo passando a ser um partido mercenario q se junta com qualquer um q suba ao poder, e so oferecer cargos e ministerios q ja se compra o apoio desses vendidos, agora juntam-se pp ,pt , pc do b e pmdb e esta a mais poderosa organizacao criminoza capaz d dar licao d terrorismo e crimes ate para o pcc!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *