Início » Brasil » Lava Jato derruba construção
COLUNA ESPLANADA

Lava Jato derruba construção

Setor de construção civil praticamente estagnou desde o início da série de operações da Lava Jato

Lava Jato derruba construção
São 14 trimestres de desempenho negativo, de acordo com levantamento do Instituto Fiscal Independente, vinculado ao Senado (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O setor de construção civil praticamente estagnou desde o início da série de operações da Lava Jato, em março de 2014. São 14 trimestres de desempenho negativo, de acordo com levantamento do Instituto Fiscal Independente (IFI), vinculado ao Senado Federal. Além dos efeitos das investigações sobre grandes construtoras, outros fatores contribuíram para o fraco desempenho do setor nos últimos meses: “Lenta recuperação do emprego e renda, e a contração pronunciada dos investimentos públicos”.

Tá tudo…

A Comissão de Ética da Presidência rejeitou pedido do conselheiro Mauro Menezes de impedimento do colega Erick Vidigal de analisar denúncias contra autoridades.

… em casa

Enquanto conselheiro da CEP, Erick Vidigal também ocupa cargo de subchefe adjunto para Assuntos Jurídicos da Casa Civil. Menezes foi voto vencido pela maioria.

Ruim com ele…

Com a candidatura de Henrique Meirelles patinando em baixos índices, senadores e deputados do MDB se dividem sobre a possibilidade de manter o nome do ex-ministro da Fazenda ou partir para um plano B com o ex-ministro do STF Nelson Jobim – que também não é garantia de sair do 1% nas pesquisas.

Seis por Meia-dúzia

A ala ligada ao presidente do MDB, Romero Jucá (RR), aposta no crescimento de Meirelles. Já deputados defendem o nome de Jobim, mas admitem que o ex-ministro é “pouco competitivo”. Já outra ala aponta que o melhor para o partido seria assumir o posto de vice em uma candidatura que unisse todos os partidos da base aliada de Temer.

Homem-tattoo

Dezesseis procuradores assinam pedido do MP à Justiça de afastamento de Mário Sérgio da Silva Costa, irmão do deputado federal Wladmir Costa (SD-PA), da Superintendência do INCRA em Santarém (PA). Wladmir ganhou vexatória notoriedade nacional por ter tatuado o nome do presidente Michel Temer no braço.

Campanha antecipada

A ação do MP detalha vários indícios de irregularidades cometidos pelos irmãos Costa. De acordo com a peça, Mário usou sua Rádio (Princesa) para anunciar as visitas-comício de Wladimir em assentamentos. Procuradores foram aos eventos e constataram faixas assinadas por “servidores” do Incra de agradecimento ao deputado.

Calote no Mercosul

Parlamentares pressionam o Palácio e o Ministério do Planejamento para quitarem as dívidas com órgãos do Mercosul. Os pagamentos do Brasil atrasados já ultrapassam os US$ 111 milhões. O calote atinge, por exemplo, a Secretaria do Mercosul e o Parlasul.

Displicência

Integrantes da Representação no Parlasul, os deputados Heráclito Fortes (DEM-PI), Afonso Hamm (PP-RS), Rosângela Gomes (PRB-RJ), Jean Wyllys (Psol-RJ) e Russomano (PRB-SP) citam “displicência” do chefe do Planejamento, Esteves Colnago.

Belga$

Apesar da recessão, empresas belgas continuam apostando no Brasil. Os investimentos na economia brasileira são da ordem de US$ 63 bilhões – valor que mantém a Bélgica como a quarta maior investidora da Europa no país.

Fator Balança

Os dados são do diplomata Haroldo Ribeiro que teve indicação aprovada no Senado para a chefia da embaixada em Bruxelas e Luxemburgo. Ribeiro destaca “o fato de brasileiras hoje exportarem mais para a Bélgica que para Inglaterra, Rússia ou França”.

Há esperança

O Renova BR ( renovabr.org ), movimento suprapartidário para formação de novos líderes políticos e gestores, passa por Brasília esta semana com apresentação de 133 nomes. Um deles é Renan Ferreirinha. O filho de professora tem 24 anos,e faz trabalhos sociais em comunidades carentes no Rio e ganhou o mundo.

Exemplo

Renan fundou o curso Somar Inglês e uma plataforma de crowdfunding sobre educação no Brasil e de renovação política. Foi admitido em nove (!) universidades nos EUA (como Yale e Columbia). Formou-se em Economia e Ciências Políticas em Harvard.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. Rogerio Faria disse:

    Rumo ao Hexa, hahahaha…

  2. Engels Machado Maciel disse:

    Exato Tuca. Não foi a Lava Jato. Foi a ladroagem destes politicos corruptos. De quem é esta mensagem? Que jornal tem a vergonha de publicar uma MENTIRA DESLAVADA DESTAS.

  3. MARIA DE NAZARÉ LOURINHO REVERT disse:

    O TITULO DESSA REPORTAGEM FOI MUITO INFELIZ. NÃO FOI A LAVA JATO QUE DERRUBOU A CONSTRUÇÃO CIVIL, MAS SIM A CORRUPÇÃO!!ESSE TITULO DA A ENTENDER QUE A OPERAÇÃO LAVA JATO É A VILÃ, QUANDO NA VERDADE ESSA FOI A PROVIDENCIA DIVINA PARA A SALVAÇÃO DA PÁRIA BRASILEIRA. VIVA A OPERAÇÃO LAVA JATO, VIDA LONGA A SERGIO MORO E CIA.

  4. francisco almeida disse:

    bom dia realmente u setor da construçao civil paro mesmo as pessoas poe a culpa na lava jato mas não isso vem de longe

  5. Marilu disse:

    Os empresários ajudaram a paralisação da economia e agora ficam se lamentando.
    Aliás há um ressentimento geral no país em todos os setores quando se dão conta do que realmente aconteceu.

  6. Claudio de Oliveira Silva disse:

    Não derrubou so a construção cívil não,derrubou a construção naval também.

  7. Tuca disse:

    O Título dessa Reportagem está muito errado…

    NÃO FOI A LAVA JATO QUE DERRUBOU A CONSTRUÇÃO…

    FOI A CORRUPÇÃO…

    Por favor, mais cuidado com as palavras, pois o título sugere que a honestidade é que estraga o Brasil, sendo que na verdade é a Corrupção em todos níveis. (Legislativo, Executivo e Judiciário).

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *