Início » Brasil » Lava Toga
COLUNA ESPLANADA

Lava Toga

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), diz não ter pressa para colocar em votação a CPI da Lava Toga

Lava Toga
Presidente do Senado cogitou arquivar pedido de abertura de CPI sem consultar o plenário, mas recuou (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cobrado diariamente pelos colegas, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), responde não ter pressa nem data para colocar em votação no plenário a decisão de instaurar ou não a CPI das Cortes Superiores, chamada de Lava Toga. Há duas semanas, o pedido de abertura de CPI foi rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça e Alcolumbre cogitou arquivá-lo sem consultar o plenário, mas recuou. Nos bastidores, o democrata planeja colocar o pedido em votação em dia de quórum alto, acreditando que poderá enterrar de vez a CPI por ampla maioria. Alcolumbre mantém a posição de que a comissão “não vai fazer bem para o Brasil”.

Mas…

…A votação é aberta, e os senadores estão tensos com esta vitrine e a cobrança da sociedade, hoje muito mais atenta. O que pode afetar bem o cenário pró-investigação.

Toga geral

Entusiasta da CPI, o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) destaca que a eventual CPI é do Judiciário, e não só sobre o STF. Tribunais de Justiça de alguns estados estarão na mira.

Mistérios

Não está claro o que a CPI investigaria sobre as Cortes Supremas e TJs. O que mais se debate entre gabinetes é devassa fiscal na vida de ministros e desembargadores, suspeitos de enriquecimento ilícito.

Recado na TV

A TV Globo começou a mandar recados para o presidente Jair Bolsonaro. Uma campanha institucional recém divulgada sobre a ‘Lei do Minuto Seguinte’ alerta às mulheres estupradas que elas têm o direito de serem atendidas em hospitais públicos até horas após o crime para se livrarem de gravidez indesejada.

É que…

Bolsonaro é um dos signatários, como deputado, de projeto que anula a lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff. Para um grupo de parlamentares evangélicos, isso estimula o aborto porque, na visão deles, a mulher poderá inventar história para evitar gravidez após relacionamento com parceiro.

Devagar demais

Por celeridade na reforma da Previdência na comissão especial, deputados e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), costuram mudanças, com o aval do Planalto, a fim de evitar resistências e atrasos no colegiado. Instalada há uma semana, a comissão só volta a se reunir na semana que vem, por causa do feriado de ontem.

BPC fica

Maia conversou com o presidente do colegiado, Marcelo Ramos (PR-AM), para definir o roteiro de trabalho e eventuais alterações no texto. Ambos defendem a manutenção das atuais regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da aposentadoria rural.

Ideologias

A guerra ideológica continua. O PL 1930/19, do deputado Heitor Freire (PSL-CE), revoga a lei 12.612/12 que tornou Paulo Freire o patrono da educação no Brasil.

Fakes

O ministro Alexandre de Moraes insiste no inquérito contra ‘fake news’ apontado como inconstitucional por juristas e pela própria Procuradora Geral da República. Cita ameaças a ministros na deep web. A bola está com a PF. Se nada aparecer, a Corte perde mais prestígio ainda…

Brasil e China

Um grupo de 35 empresários brasileiros reunidos pela StartSe está na China para visitar novas startups. A lista inclui novidades já em uso que tentam facilitar e baratear, por exemplo, o recarregamento de bateria dos carros elétricos e o acompanhamento detalhado da saúde das crianças. Integrante da comitiva, Francisco Caputo se impressionou com um escritório de advocacia com mais de 8 mil advogados.

Que é isso, Diretor?

Apesar do parecer contrário da Superintendência de Recursos Humanos da Agência Nacional de Petróleo, o diretor-geral Decio Oddone insiste, nos bastidores, na nomeação de uma amiga jornalista para o cargo de Ouvidoria – que requer informações técnicas demasiadas. Para conselheiros, a favorita do diretor não tem know-how. A propósito, indicam que há quadro de servidores altamente capacitados, sem custo adicional.

Projeto & Ascade

A empresa Projeto alega que mal-intencionados espalham boatos sobre a reforma do Millennium Convention Center, na sede da Associação dos Servidores da Câmara dos Deputados (Ascade) em Brasília. Garante que o MCC está funcionando, e que consegue alvará eventual para eventos.

A obra

Mês passado, a Coluna publicou que havia pendências de pequenas obras na estrutura, passado por fontes da Ascade. A assessoria da entidade confirmou que tentava alvará no GDF.  A Projeto informou ontem que, por questões burocráticas, a ‘inscrição estadual’ da empresa estava suspensa e que já está em regularização.  Segundo os engenheiros da obra, “o MCC é muito seguro e não oferece nenhum risco à população”.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Almanakut Brasil disse:

    Parece que o Amapá deixou de ser território nacional e virou Estado, só para atrasar o lado do Brasil nessa Casa dos Horrores.

    Presidência de congresso deveria ser disputada entre os mais votados.

  2. carlos alberto martins disse:

    só tem medo da lava-tóga quem tem dívida para com a verdade.pelo visto o senador tem muito a explicar.

  3. Eduardo bravo disse:

    Essa raça é bandida! como pode um juizinho receber 4300 de auxílio moradia?
    Ele é concursado, não é trabalho federal de 4 anos. Quantos anos eles têm que devolver desse benefício que os deputados deram para eles não investigar políticos.
    Se não devolve o dinheiro é guerra civil e morte.

  4. Eduardo bravo disse:

    É necessário que se devolva o dinheiro corruptado do Brasil, a começar pelos juízes.
    são corruptos nato.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *