Início » Brasil » Leitor comenta a prisão do senador Delcídio do Amaral
OPINIÃO PÚBLICA

Leitor comenta a prisão do senador Delcídio do Amaral

Carlos Alberto Martins é o Opinião Pública da semana. Participe você também!

Leitor comenta a prisão do senador Delcídio do Amaral
Comente e participe!

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Carlos Alberto Martins comentou a matéria “Alerta vermelho no PT e no Planalto!” e foi eleito o Opinião Pública da semana. E você? Já deu a sua opinião hoje?

Até que enfim estamos a ver nascer novas esperanças para um povo que acreditava não ver a justiça ser praticada. Enfim, o STF começou a por ordem na Casa. Ninguém pode ficar impune por praticar crimes como o do senador. Os políticos têm que saber que a imunidade parlamentar não se dá a políticos corruptos.

A lei tem que ser rígida com aqueles que estão deteriorando o nosso Senado, que foi eleito por um povo já cansado e sem esperança de que alguma coisa iria ser feita. Parabéns ao STF por tomar atitude rígida ao prender o senador que manchava a imagem do Senado. Até que enfim estou sentindo que a bandeira verde amarela está se impondo sobre a bandeira vermelha, que nada tem a ver com o Brasil que tanto amamos.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Markut disse:

    Sem pretender ser um estraga-festa,não como não econhecer o importante significado da prisão de um senador, em pleno exercício.
    Razões de sobra são evidentes, incluindo o nababesco festejo dos 15 anos da filha do senador, que, mais do que tudo, representa o arraigado sentimento de impunidade imperante, um verdadeiro tapa na cara da sociedade, no mesmo momento em que o país se debate com uma degringolada econômica e social, devido, mas do que tudo, à inconsequência e irresponsabilidade cívica dos “soi disant” representantes do povo , legitimamente (?) escolhios por um eleitor desavsado, predominantemente analfabeto funcional.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *