Início » Brasil » Leitor defende a redução da maioridade penal
Opinião Pública

Leitor defende a redução da maioridade penal

O leitor Júlio Cardoso é o Opinião Pública da semana

Leitor defende a redução da maioridade penal
O melhor comentário de leitor da semana é publicado aos sábados. Participe!

Júlio Cardoso comentou a matéria “’Ministro diz que redução da maioridade penal só favorece o crime” e foi eleito o Opinião Pública da semana. E você? Já deu a sua opinião hoje?

O PT, que não aceita a redução da idade penal, liderado pela presidente Dilma Rousseff, vergonhosamente quer se juntar ao PSDB, de Geraldo Alckmin, para contornar a situação. O irreverente e atualíssimo Nelson Rodrigues, transpondo para a nossa política, lapidou: “O brasileiro, quando não é canalha na véspera, é canalha do dia seguinte”.

Soa “desarrazoada” a proposta do governador Geraldo Alckmin de alternativa à redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Alckmin defende o aumento de três para oito anos do tempo de internação para adolescentes que praticarem crimes hediondos. Por que, por exemplo, na Inglaterra, país de educação elevada, o infante de 10 anos de idade é imputável e aqui é diferente? Qual a justificativa? O Brasil é mais humano que a Inglaterra, ou a hipocrisia de nossos humanistas faz a diferença?

A alternativa salomônica do governador paulista é pusilânime porque ela não combate a criminalidade do menor e se concentra apenas na infração hedionda. Se o maior de 16 anos pode votar, por que ele não pode ser responsabilizado criminalmente? Não, governador, o infrator maior de 16 anos, seja qual for o crime por ele cometido, tem que ser julgado como adulto e cumprir o tempo integral da pena, seja em casa de internação, seja em penitenciária. Ou, então, nos crimes de penas superiores a oito anos, que o menor permaneça oito anos na casa de internação para adolescentes, e o restante do tempo em penitenciária específica.

Cada país tem uma sentença, mas a legislação brasileira é muito leniente com menores infratores. Vejam a pena máxima para menores: Brasil: 3 anos de internação para todos os crimes; Canadá: 10 anos, se as sentenças forem somadas; Colômbia: 8 anos para assassinato e sequestro; Chile: 10 anos para crimes graves se tiverem mais de 16 anos, ou 5, se tiverem até 16; EUA: prisão perpétua, dependendo do estado; Alemanha: 10 anos para crimes graves; Itália: 5 anos para crimes graves; Índia: 3 anos para todos os crimes, sendo que a partir dos 7 anos os jovens já podem ser punidos, e a mulher só a partir de 18 anos; África do Sul: igual à dos adultos; Japão: prisão perpétua; França: igual à dos adultos e Reino Unido: igual à dos adultos.

Onde está o dinheiro de nossos impostos, que não é empregado pelos governos para construção de presídios de dignidade humana, para que o preso tenha atividade de trabalho e a cadeia não seja uma escola de crime? A lotação dos presídios é culpa exclusiva dos governos, dos políticos e do Judiciário, que não se empenham para combater a situação, mas são habilidosos para tramar reajuste de seus salários.

A redução da maioridade penal é uma exigência da sociedade, e não é uma minoria inexpressiva – de magistrados, políticos, defensores dos direitos humanos e da presidente da República – que vai impor o seu posicionamento ao de mais de 80% de brasileiros, conforme registram as pesquisas de opinião. O país tem que atender aos anseios da população, que é o principal agente da democracia.

8 Opiniões

  1. Marluizo Pires Cruz disse:

    A banalização da delinquência no país parece que tornou-se crescente diante dos maus exemplos dos gestores e do distanciamento do ESTADO dos seus deveres para com o povo,

  2. carlos alberto martins disse:

    aqueles que defendem criminosos,deveriam adota-los e sentiriam na própria pele o que o povo vem sofrendo;menores de 9 anos de idade assaltando e matando sem dó e nem piedade.os defensores dos mesmos,são no minimo cumplices desses criminosos.é com o fruto de seus roubos,que eles pagam seus defensores.

  3. Afrânio Dantas disse:

    Redução da Maioridade é algo que soa contraditório, por isso sou contra. Talvez se falassem Antecipar a Maioridade ou Afastar a Menoridade, eu pudesse ser a favor.

  4. Mauricio Aquino disse:

    Não se arvore portador de uma sociedade inteira.

    Você faz parte realmente de uma minoria inexpressiva e irresponsável.

    Partindo do seu raciocínio simplista daqui a alguns anos estaremos falando em criminalizar os recém nascidos nos berçários, das mães pobres logicamente.

    Passe muito mal.

    Mauricio.

  5. Rogerio Faria disse:

    Vamos “atacar” na fonte.
    Controle familiar com aborto, ligadura de trompas e vasectomia compulsórias para a paternidade irresponsável.

  6. Enzo disse:

    Cada povo tem o Ministro que merece…

  7. Joma Bastos disse:

    Excelente comentário!

  8. olbe disse:

    Concordo totalmente.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *