Início » Brasil » Leitora comenta decisão brasileira de restringir entrada de haitianos no país
Opinião Pública

Leitora comenta decisão brasileira de restringir entrada de haitianos no país

A Opinião Pública da semana é da Sandra. Participe também!

Leitora comenta decisão brasileira de restringir entrada de haitianos no país
Leitora Sandra fala sobre restrição aos haitianos no Brasil

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A leitora Sandra comentou a notícia “Brasil impõe limite para entrada de haitianos” e foi escolhida como a Opinião Pública da semana. E você? Já deu sua opinião?

É muito fácil, sentado na sua cadeira no Rio ou em São Paulo, opinar a respeito de um assunto sério como este da imigração dos haitianos. Para vir para o Acre eles atravessam Venezuela e Colômbia. Por que os outros países muy amigos não colaboram também com sua preciosa ajuda, deixando alguns tantos ali permanecerem?

Um contigente enorme de pessoas desempregadas, desesperadas numa região vão acarretar problemas que terão que ser resolvidos de uma forma mais racional desvinculada “do simples impulso humanitário” de ajudar necessitados.Tem que haver um planejamento efetivo que possa proporcionar a estas pessoas uma vida digna e não só deixar entrar e morrer de fome ou na mão de bandidos e traficantes inescrupulosos.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

15 Opiniões

  1. jose roberto amorim disse:

    Haiti é problema da França.
    A turma do brasil são os angolanos e moçambicanos
    De minha parte acho que estamos gastando velas boas com defuntos alheios, alheios pois não temos nada a nos ligar ao haiti.
    haiti era uma colonia francesa , haitinos falam frances e trabalhadores braçais ja temos demais. no brasil.
    equanto os ditos primeiros mundos sugam nossas melhores “cabeças” ficamos aqui cuidando do problema dos Outros.
    HAITI É PROBLEMA DA FRANÇA>

  2. Goethe-Br. disse:

    …bem analizadas as palavras da Sandra…somando a isto vem o perigo de estar mos importando um problema de imensuráveis di
    mensões…–os vodús…-fanáticos de uma sei
    ta cuja doutrina transforma seus seguidores, radicais e extremistas,por isso chamados de mortos vívos…-comenta-se que aindependencia do haiti,foi para os franceses e ingleses que ainda mantinham algum intercambio com aquele povo,como um grande prêmio…existem relatos de voduistas que saíram da ilha para a Europa com a certeza de não retornarem vívos, so afim de cometerem assassinatos em nome da sua crença religiosa…
    -aptos na arte de matar em silencio,os seguido
    res do vudú,são ao que dizem ,piores que os homens bombas…-além de outros problemas de ordens sociais…-de ôlho nêles minha gente !…-Goethe-Br.

  3. Yama disse:

    A imigração não é uma decisão apenas de receber os “coitados” que não tiveram ou melhor não fizeram “por onde” para terem um local digno de viver.
    O país é construído com trabalho, determinação e objetivos que norteiam as atitudes.
    O Brasil vem assistindo os e sofrendo os erros de nossa aceitação dos desrespeitos que a população culta e inculta faz aos outros, com crimes, ofensas, atos predadores e assistimos diariamente anestesiados os nativos, estrangeiros, residentes ou turistas cometerem crimes. BASTA DE IRRESPONSÁVEIS.

  4. Boris disse:

    E uma situacao meio dificil, mas porque a organizacao mundial , que tanto discutem problemas na Africa, Asia e entre outros
    nao toma a iniciativa de coordenar a alocacao dos refugiados do Haiti. Eu acho que la existe gente que poderia ser aproveitada da alguma forma, mas em geral os Haitianos pela sua
    historia e seu comportamento dentro do seu proprio paiz nao sao das melhores, o pais deles nunca teve extrurura de pais, e uma ilha sem coondicoes e dominado por poucos e o resto vive de qualquer forma fazendo qualquer coisa para sobreviver. Nao sei onde esta a solucao, mas acho que nos no Brasil , que ja tambem temos milhoes sem preparo vivendo as custas de bolsa familia nao temos condicoes de absorver mais esta pobresa problema.
    Eu acho que com o nosso exercito la demos a impressao de sermos bonzinhos e que qualquer um que consiga entrar aqui consegue a sua permanencia pelo fato de termos um bom coracao.
    Bom coracao nao basta, esta onda de despreparados e sem condicoes de trabalho somente irao piorar os nossos problemas,
    de existencia, aumentar a nossas favelas e
    o crime organizado.

  5. olbe disse:

    Os haitianos são sim problemas do Brasil se o Brasil é um país humanista.O Brasil é amigo dos haitianos e eles nos tem como sua segunda pátria pois o Brasil esteve sempre presente na tragédia do Haiti. Brasil e Israel sempre ajudaram os haitianos no Haiti. Israel é um dos menores países do mundo e SEMPRE recebeu pessoas perseguidas . O Brasil é enorme. Eles não podem ficar no Acre mas tem que ter a documentação para ir a qq parte do Brasil. Todos nós estamos ha algum tempo reclamando que não temos mão de obra como pedreiros, eletrecistas, etc.
    Os haitianos são saudáveis, jovens e com vontade de trabalhar. É um povo pacifico que só quer uma chance para sobreviver.
    Durante o nazismo os judeus eram proibidos de entrarem em muitos países inclusive no Brasil e muitas pessoas arriscaram suas vida para salva-los e hoje são homenageados em Israel no Panteão do Justos.Eram pessoas doentes, de aparência horrível e muitos deles e seus filhos muito ajudaram para engrandecer o Brasil
    Como uma pessoa com um pouco de amor no coração é capaz de proibir a entrada no nosso país destas pessoas desesperadas?
    Ela vão continuar tentando entrar mesmo não oficialmente e ficarão nas mãos dos “coiotes”.
    É só o Brasil se organizar e saber encaminha-los e seremos sempre abençoados como Justos.

  6. Maria Ercilia disse:

    O Brasil foi, é e sempre será o país das oportunidades. Porque os italianos, japoneses e outros povos vieram, prosperaram e os Haitianos não podem vir. Todo Ser Humano tem direito a oportunidade, a uma vida melhor e tudo o mais. Ninguém quer ou espera que eles venham badernar por aqui mas a situação de vida deles já é tão difícil que acredito que a maioria deles venham com a sede de vencer, de trabalhar e ter uma vida digna. Sou cristã e penso assim. Considerar o HAITI um PROBLEMA DA FRANÇA é pensamento retrógrado, antiquado e desumano. Haitianos também são nossos irmãos.

  7. Silas disse:

    poxa gente nos Brasileiros vamos pros outros paises e reclamos que somos rejeitados agente vai dar esse exemplo tambem? poxa os americanos cebosos que fazem questao de empregos que eles mesmo não querem, nós Brasileiros que somos tão harmoniosos e ajudamos tanto os outros e no acre não estavam reclamando que não tinha nimguem pra trabalhar mete esses caras pra fazer esses serviços, mas sejam justos com assinatura em carteira pra eles ainda mas que sofrem tanto damos a eles chance de serem felizes e se realizarem, porque os colonizadores e as coloniais tem uma divida para com os negros, é porque existe nesse país é só sacanagem é só picaretagem é só pouca vergonha e eu to com os cogumelos rochos desses vagabundos que só ”odem” com os necessitados que buscam crescer!!!

  8. Regina Caldas disse:

    O Haiti tem servido de massa de manobra de muitos países. E tem sido mal governado, muita corrupção e maus tratos à população. O Brasil jamais partilhou algum interesse em relação ao país. Apenas liderou o Minustah, sem que entretanto nos tornássemos bem quistos pela população local. É estranho que agora haitianos buscam refugio em nosso país. Que futuro esperam num país que sequer cuida bem de seus cidadãos?

  9. Áureo Ramos de souza disse:

    Sensacional, Sandra se eu fosse presidente te chamaria para ser ministra, tens conhecimento da coisa se apertar mais sei que dirá muito mais.Vai em frente e que Deus te ajude.

  10. Reginaldo disse:

    O Brasil te dinheiro de sobra e espaço também para ajudar os Haitianos que aqui desejarem permanecer.
    O Brasil é um país milionários e poucos de nós damos conta disso.
    Basta somarmos todo o dinheiro que é gasto com corrupção,roubo, sub faturamento de prestadores de serviços ao poder publico, diminuir gastos desnecessários, então veremos muito dinheiro sobrar nos cofres públicos.

  11. PAULO HORTA disse:

    EU SÓ GOSTARIA DE LEMBRAR, QUE O BRASIL NÃO SE RESTRINGE A RIO E SÃO PAULO. E QUE MESMO SENTADO EM BELO HORIZONTE, COM AGORA, OU SALVADOR, RECIFE, PORTO ALEGRE, MANAUS, GOIANA, ETC., TAMBÉM É MUITO SIMPLES. LOGICAMENTE NÃO QUERENDO DESFOCAR O ASSUNTO DOS HAITIANOS.

  12. jose roberto amorim disse:

    Haiti é problema da frança SIM.
    A inglaterra cuida e bem de suas ex colonias, O usa que ja foi colonia e colonizador tambem cuida de suas ex colonias.
    O Brasil segue na velha musica de nelson Gonsalves;”Eu não posso nem comigo mas quero morrer na arena”
    nos so vamos conquistar a Tal cadeira permanente na ONU quando resolvermos nossos proprios problemas que ja são demais.
    E tem mais: Os haitinos que necessitam realmente de ajuda não tem forças e recursos para alcansarem as froteiras do brasil.
    Esses que por aqui aportam são marginais São os “PCCs” haitianos disfarçados de refugiados.
    Quem viver vera.

  13. Cassi disse:

    o Jogo É de querer conquistar a Tal cadeira permanente na ONU, nada pensado em ervir a nação. Somos muito carentes em nossos problemas de Educação, Empregos saúde e abastecimento de águas e esgotos. É filme antigo, resultado nas propagandas condicionadas a favores políticos, apenas políticos querendo serem famosos internacionalmente as custas do
    povo e trabalhadores sofridos de desempregos. Basta de coisas ERRADAS como que são pagas pelo o INSS, prejudicando aposentados contribuintes acima do mínimo sem os reajustes necessários, abaixo da inflação. Que poder de compras tem o salário mínimo, reajustado que dizem ser conforme a inflação, Perdeu a muito o poder de compras. Imagine os sofredores
    das instituições privadas que tem reajuste do INSS. Diferentemente da maioria dos escalões e privilegiados nos serviços públicos, levam tudo, nós pagamos e eles querem mais. Aqui no Brasil que temos é isso. De fora, vem navios de roupas sujas, lixos hospitalares pela a fama de reciclar. Tanto desperdiço existente aqui. Aceitar isso faz parte da fama internacional, falar falar, mesmo que seja de mau. Parece que o povo fica anestesiado que até faz mau. Mal educado,instruído, iludidos Deus, tomara que nâo! O futuro a DEUS pertence. Vamos ver se isso um dia muda, nós que devemos participar para mudar senão, jamais isso vai acabar. Quando tem é que se perde, querem a fama sem depender de nós, nem se liga, povo é que tem voz. A nação sempre somos nós.

  14. Geraldo euclides disse:

    Li duas opiniões que batem bem com a realidade; a Sandra disse verdades que todos deveria saber pois o Brasil já está lotado de miseráveis sem futuro, mais em baixo a opinião do José Roberto Amorim que disse que a questão do Haiti é um problema da França que os explorou por vários anos e depois deixou-lhes à própria sorte, mas essa tal sorte não os alcançou e sim “governos” corruptos (mais ou menos igual aos do Maranhão) e pobres deixaram de ser escravos e tornaram mendigos, analfabetos, párias da vida e pensaram que o Brasil é um paraíso e querem vir para cá sem documentos, sem conhecer o idioma e aonde arranjar emprego,que tiver pena que adote um magote deles e fim!

  15. Luiz Franco disse:

    Segundo o Itamaraty vieram 48 mil europeus de baixa qualificação para o Brasil no ano passado por causa da crise na zona do euro. O Haiti todo cabe na Ilha do Marajó e sobra espaço, porque eles não podem vir para cá?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *