Início » Brasil » Levy e Barbosa apelam a Renan por pauta do governo
COLUNA ESPLANADA

Levy e Barbosa apelam a Renan por pauta do governo

Ministros da Fazenda e Planejamento telefonaram para o presidente do Senado e fizeram um apelo: ‘A pauta não pode parar’

Levy e Barbosa apelam a Renan por pauta do governo
Congresso Nacional tem só mais seis sessões para encerrar o ano legislativo (Foto: Agência PT)

Com a prisão do líder do Governo, senador Delcídio Amaral (PT-MS), a presidente Dilma agiu rápido. Os ministros da Fazenda e Planejamento, Joaquim Levy e Nelson Barbosa, telefonaram para o presidente do Senado, Renan Calheiros, e fizeram um apelo: ‘a pauta não pode parar’. A preocupação é latente. O Congresso Nacional tem só mais seis sessões para encerrar o ano legislativo. É preciso aprovar com urgência a nova meta fiscal, senão Dilma será acusada em 2016 de nova ‘pedalada’ e sua situação piora.

Super-terça

O Governo quer aprovar na terça um relaxamento da meta fiscal que permita déficit de R$ 119 bilhões para ano que vem. A Lei de Diretrizes Orçamentárias

Contas em paraísos

Na sessão do Senado, o esforço será pela aprovação da repatriação dos recursos do exterior não declarados. Quem topar, terá de pagar o imposto, mas não será processado.

Inferno astral

Na Câmara, segue agonia de Eduardo Cunha:  não consegue quorum, com a obstrução dos grandes (ex-aliados) partidos. O cenário não deve se repetir na sessão do Congresso.

Sala blindada

Em tempos de conversas gravadas, a placa que há anos está na porta do gabinete da Presidência do Senado é sugestiva: visitantes são proibidos de entrar com celulares e máquinas fotográficas. O atual inquilino da sala é Renan Calheiros (PMDB-AL), investigado na Lava Jato por citações de delatores.

Bolsonaro na fila

Jair Bolsonaro (PP-RJ) e o filho, o também deputado federal  Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), passaram a manhã da última quarta com Pastor Everaldo e bateram o martelo. Jair filia-se ao PSC e será o candidato ao Planalto. Em 2016, testa o nome nas urnas do Rio.

Jogo & Nordeste

Do deputado federal Danilo Forte (PSB-CE), sobre a tentativa de legalização de bingos, cassinos e jogo do Bicho: ‘Um País que tem dois sorteios milionários da Mega Sena por semana quer proibir o jogo?’. Ele defende casas no Nordeste para fomentar o turismo. 

Pela Ordem

Agentes fazem mistério. A Polícia Legislativa pode ter usado a famosa maleta de grampo de telefones para monitorar os manifestantes que acamparam no gramado.

Cenários

Os caciques do PMDB começaram a discutir internamente o poder do Parlamentarismo.

Caixa d’água na UTI

O Governo do Ceará inaugurou um hospital de R$ 300 milhões em Quixeramobim, no sertão central, e não tem água suficiente para a unidade. Esperam as obras de transposição do rio São Francisco, que ali não saíram do papel.

Economia & jogo$

Após estudar o Carnaval, Luiz Carlos Prestes Filho lançará o livro “A cadeia produtiva da economia dos jogos”. Visitou o Congresso e entregou uma revista que editou sobre o tema a parlamentares.

Tensão 24h

Na última quarta, o senador Ciro Nogueira, em missão oficial no exterior, não dormiu. Na lista de investigados no STF, acompanhou 24 horas, por telefone e internet, o caso Delcídio Amaral. A equipe de Brasília trabalhou duro. Ligações a cada dez minutos.

Passado & presente

A PF levantou tudo sobre Eduardo Cunha da sua fase no Rio, em especial sua eventual influência nos fundos de pensão de Furnas (Real Grandeza) e da Cedae.

Crise existencial?

O senador Randolfe (Rede-AP) defendeu o voto secreto no caso Delcídio, durante reunião fechada com colegas. Mas no plenário mudou de ideia e até recorreu ao STF.

May Day

Para atender compromissos na sociedade de 49% com empresas nas concessões, a presidente Dilma tem excluído empenho de milhões de reais nos aeroportos da Infraero.

Ponto Final

Sem limpeza, o espelho d’água do Congresso Nacional está tão sujo que lembra a lama da Samarco no rio Doce. Aliás, de sujeira o Congresso entende.

 

Com Equipe DF, SP e Nordeste

________________________

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. marcos disse:

    Aproveite que ela tá cortando tudo, e coloca lá um papel para ela descomissionar 130.000 para dar economia, e cortar diárias de viagens de senador e deputados, ajuda de custo aluguel e outros

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *