Início » Brasil » Livro de José Mujica relata confissão de Lula sobre mensalão
Corrupção

Livro de José Mujica relata confissão de Lula sobre mensalão

De acordo com o ex-presidente do Uruguai, o petista teria confessado que mensalão era a única forma de 'governar o Brasil'

Livro de José Mujica relata confissão de Lula sobre mensalão
Mujica fez questão de afirmar que Lula não é corrupto como Collor (Foto: Wikipédia)

O ex-presidente uruguaio, José Mujica, lançou nesta semana, juntamente com os autores Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, um livro-reportagem em que traz uma confissão de Lula sobre o mensalão. Na publicação, que conta os cinco anos de governo de Mujica sob seu ponto de vista, ele relata um dos encontros com o ex-presidente brasileiro, em 2010, no qual Lula teria admitido que a compra de apoio político no Congresso era “a única forma de governar o Brasil”.

“Lula não é um corrupto como (Fernando) Collor de Mello e outros ex-presidentes brasileiros. Mas viveu esse episódio (do mensalão) com angústia e um pouco de culpa”, disse o uruguaio.

A conversa aconteceu durante uma reunião em Brasília, no início de 2010. De acordo com o relato de Mujica, Lula teria dito textualmente: “Neste mundo tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens. Essa era a única forma de governar o Brasil”. O vice-presidente do Uruguai, Daniel Astori, também estava no encontro.

Em 2005, quando o caso veio à tona, o petista negou ter conhecimento do mensalão e disse estar “tão ou mais indignado do que qualquer brasileiro” e que foi “traído por práticas inaceitáveis das quais nunca tivera conhecimento”. Desde então Lula afirma que o caso nunca foi provado e que os acusado foram pré-julgados e condenados imediatamente pelo povo.

Procurado pela reportagem do Globo, o Instituto Lula afirmou que não ia comentar o conteúdo do livro no momento e pediu que o relato de Mujica não fosse reproduzido “parcialmente”. Na publicação, o uruguaio afirma admirar o ex-presidente brasileiro.

“Mujica sempre viu Lula como uma espécie de padrinho. Sempre pensou que o Uruguai deveria seguir o rumo do Brasil, que é o grande protagonista da região. Mujica sempre afirmou que Lula não é corrupto, mas que o Brasil vive na corrupção”, disse o jornalista Andrés Danza ao Globo. Não há previsão para a chegada do livro no Brasil.

Confira o trecho do livro na íntegra:

“Lula teve que enfrentar um dos maiores escândalos da História recente do Brasil: o mensalão, uma mensalidade paga a alguns parlamentares para que aprovassem os projetos mais importantes do Poder Executivo. Compra de votos, um dos mecanismos mais velhos da política. Até José Dirceu, um dos principais assessores de Lula, acabou sendo processado pelo caso.

‘Lula não é um corrupto como Collor de Mello e outros ex-presidentes brasileiros’, disse-nos Mujica, ao falar do caso. Ele contou, além disso, que Lula viveu todo esse episódio com angústia e com um pouco de culpa. ‘Neste mundo tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens’, disse Lula, aflito, a Mujica e Astori, semanas antes de eles assumirem o governo do Uruguai. ‘Essa era a única forma de governar o Brasil’, se justificou. Os dois tinham ido visitá-lo em Brasília, e Lula sentiu a necessidade de esclarecer a situação.”

Fontes:
O Globo-Mujica, em livro, relata confissão de Lula sobre mensalão

5 Opiniões

  1. Horácio Roque Brandão disse:

    Com a palavra o Ministério Público diante do testemunho acusatório, o que não é, a rigor, nenhuma novidade, mas mercece a apuração pela via de inquérito policial dado que todos são iguais perante à lei.O Mujica, com pele de carneiro e cara de santo, revela a sua reprovável conivência. Deveria ter dito antes; calado se “mancomunou”…..

  2. rene luiz hirschmann disse:

    E agora o que vão dizer aqueles que afirmavam que o mensalão não existiu, não existe justificava moral e ética para um político usar dessa artimanha para governar, o correto seria prender esses governantes, aprovar projetos através da compra de voto é um crime contra a nação.

  3. jayme endebo disse:

    Ainda bem que o nosso cachaceiro nada sabia, nada viu etc. um completo inocente.
    Perfeito canalha

  4. helo disse:

    Comentário perfeito de Markut.
    Gravíssima essa confissão de Lula. Me pergunto como não é a manchete dos jornais. Pena que para acabar com esse modo imoral de governar todos os brasileiros tenham que sofrer tanto.

  5. Markut disse:

    Essa confissão de Lula a Mojica é um retrato aberto do tipo de sua personalidade.

    A amoralidade , a falta dos mínimos princípios éticos morais que o dispensam de qualquer preocupação em passar feito um trator sobre qualquer obstáculo (coisas,ou pessoas) que o impeça de atingir o seu fim fundamental: a conquista do poder absoluto e o enriquecimento, custe o que custar, muito mais do qualquer discutivel ideologia.

    A agravante é a falta de cultura política e social que o incapacita de avaliar as consequências do que essa delinquência representa para o desenvolvimento do país.

    E o resultado está aí, comprovando este raciocínio: os doze anos de lulopetismo conseguiram desmontar o país.

    O que se pode reconhecer nele é o seu inegável carisma, a sua inteligência, ou melhor dizendo, a sua esperteza em saber ,intuitivamente, reconhecer a fraqueza do lado obscuro da condição humana e aproveitá-la para os seus desígnios.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *