Início » Brasil » Lula compara Petrolão ao Mensalão
Política

Lula compara Petrolão ao Mensalão

Lula afirma que, assim como no caso que ocorreu em seu governo, a imprensa condenará os suspeitos antes do julgamento

Lula compara Petrolão ao Mensalão
Ex-presidente não quis falar sobre possível retorno nas eleições de 2018 (Foto: Reprodução/Ricado Stuckert/Instituto Lula)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, na última quarta-feira, 10, que, assim como no caso do mensalão, os suspeitos de envolvimento no escândalo na Petrobras, o chamado ‘petrolão’, serão condenados pela mídia antes mesmo das investigações e dos julgamentos serem concluídos. Lula também aproveitou a oportunidade para cutucar a oposição, dizendo que “até parece que eles arrecadam dinheiro de campanha no Criança Esperança”.

“Agora a bola da vez somos nós. O PT não pode continuar crescendo, tem que ser atacado de todos os lados, em todas as frentes, com artilharia leve e pesada. (A mídia determina), vamos fazer guerra eletrônica contra o PT, não importa se é verdade ou mentira. Vamos tentar difamar, destruir esse partido. No processo do mensalão, os companheiros que foram julgados já estavam condenados”, disse o antecessor de Dilma.

O ex-presidente afirmou que antes que o caso chegue ao Supremo Tribunal Federal para a análise do ministro Teori Zavascki, a imprensa já terá condenado todos os suspeitos envolvidos. Também aproveitou para reclamar que todos os casos de vazamento de delação premiada foram contra o PT.

 

Fontes:
Blog do Zé Dirceu-Luiz Inácio avisa: antes da justiça, midia já terá condenado pessoal da Lava Jato

2 Opiniões

  1. Roberto Santhiago disse:

    A mídia apenas divulga os fatos, o “julgamento” é a Nação que faz.

  2. helo disse:

    Lula se esquece que os petistas envolvidos no mensalão/petrolão estão ricos e soltos, uns nem processados. A campanha feroz contra a oposição resultou na eleição da Dilma. Se Lula admite que o dinheiro era para a campanha, me pergunto para que mais seria?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *