Início » Opinião » Artigos » Lula, Dilma, Renan e BBB, símbolos de uma época
Símbolos

Lula, Dilma, Renan e BBB, símbolos de uma época

Um dos símbolos de nossos dias é a perfeita correspondência de meios e fins entre um povo que elege Lula e Dilma e um Senado Federal que elege e reelege Renan Calheiros

Lula, Dilma, Renan e BBB, símbolos de uma época
O programa Big Brother Brasil é a versão escrachada de um país que se prostitui em proporções demográficas (Reprodução/Rede Globo)

É inevitável que cada época tenha algo ou alguém que encarne seu espírito. Todos os reconhecemos, esses símbolos, à simples menção, seja porque topamos com eles nos livros, seja porque marcaram sua presença, pelo bem ou pelo mal, nas artes, na literatura, na política ou nas guerras. Eles existem nas pequenas e nas grandes comunidades humanas. Em todo o tempo e em todo lugar. Podem ser positivos ou negativos, mas são, inevitavelmente, símbolos de um tempo.

Assim, por exemplo, cá no Brasil, um dos símbolos de nossos dias é a perfeita correspondência de meios e fins entre um povo que elege Lula e Dilma e um Senado Federal que elege e reelege Renan Calheiros.

Símbolo também desta época é o Big Brother Brasil. O programa é a versão escrachada de um país que se prostitui em proporções demográficas; um país onde a moralidade não está mais sequer no vestíbulo, junto com os guarda-chuvas, mas foi levada embora na coleta do lixo orgânico; um país onde a virtude constrange e os vícios prosperam.

O que me espanta, nesses símbolos da nossa época, é saber que o povo reelegeu Dilma, o Senado reelegeu Renan Calheiros e que os tipos do BBB foram meticulosamente selecionados pela TV Globo.

 

*Artigo do escritor e arquiteto Percival Puggina, titular do Blog do Percival

2 Opiniões

  1. Revoltado disse:

    André, eu só lhe proporia o seguinte reparo: troque “domínio das oligarquias regionais” por “domínio das cleptocracias locais”, em um país cujo regime sempre foi a cleptocracia…e que chegou ao seu auge com o PT, que inaugurou a era da CLEPTOCRADURA !!!
    O mais espantoso é a quantidade de idiotas petistas que tem formação, são classe média digamos assim, e insistem em se justificar…. porque os militares, porque o psdb, porque a economia internacional… enfim.
    Já os Jô Soares, Chicos Buarque, Gil e tantos outros, esses são safados assumidos hipócritas de pior espécie – cúmplices e sedutores e seditores porque não, em uma sociedade estúpida….
    São os “zumbis” petistas, aos milhões, neste país de terceiro mundo que não sai do lugar… quem sabe agora com a instalação da CPI da Petrobrás eles consigam chegar ao verdadeiro chefe da quadrilha: LULARÁPIO E DILMALOUCA… MAS, não é simples assim… a multidão de zumbis, a partir da instalação e cumprimento da CPI sairá às ruas, para quebrar e protestar… sim, amigo, teremos desordem civil, e como o Exército não se mexeu até agora, nem vai se mexer, pois estão comprados também, teremos que fazer isso sozinhos…. e o único método de exterminar zumbis, ou pelo menos o mais econômico e eficiente é…. bem, assista ao filme “THE WALKING DEAD”…
    ps.: eu já estou pronto e vc?

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    O que me espanta, nesses símbolos da nossa época, é saber que o povo reelegeu Dilma, o Senado reelegeu Renan Calheiros e que os tipos do BBB foram meticulosamente selecionados pela TV Globo.” — não vejo porque o autor, com sua experiência de vida, ainda se espanta com esses fatos. O povo brasileiro tem, via de regra, pouca escolaridade e pouca consciência política, e é, portanto, facilmente manipulável pelos políticos ‘profissionais’ de sempre… O Senado brasileiro é expressão direta do domínio das oligarquias regionais sobre a vida política nacional. Espanto seria um candidato da oposição conseguir vencer Renan Calheiros e o status quo! E, quanto ao BBB, não passa de um ‘produto de consumo’ para as massas ignorantes, que querem ver isso mesmo: sexo e escândalo! Os telespectadores querem exercer o voyeurismo, espiando a ‘intimidade’ (?) dos competidores em uma ou outra cena de sexo mais ou menos explícito, e ao mesmo tempo querem rir da ignorância desses mesmos competidores e de seus conflitos mais ou menos armados, como quem escarna de uma briga de rua gritando “porrada!, porrada!”, ao invés de apartá-la…
    Em suma, o cenário político brasileiro e a qualidade dos programas de TV mostram que vivemos o que Nélson Rodrigues, há bem 50 anos, já chamava de “Era dos Idiotas”…!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *