Início » Brasil » Lula e Dilma sabiam de tudo, diz Alberto Youssef
Novo impeachment?

Lula e Dilma sabiam de tudo, diz Alberto Youssef

O doleiro Alberto Youssef revelou à Polícia Federal e ao Ministério Público o conhecimento do Planalto sobre a corrupção na Petrobras. Se Dilma for reeleita, o Brasil pode ter mais um impeachment na história

Lula e Dilma sabiam de tudo, diz Alberto Youssef
Segundo Youssef, Lula sabia de tudo sobre o esquema de corrupção na Petrobras (Reprodução/Internet)

O doleiro Alberto Youssef revelou à Polícia Federal e ao Ministério Público que Dilma Rousseff e Lula sabiam do esquema de corrupção na Petrobras, segundo a edição da revista Veja deste fim de semana, que começa a circular nesta sexta-feira, 24.

O depoimento foi prestado na última terça-feira (21) na sala de interrogatório da PF em Curitiba e vem a público a um dia do segundo turno das eleições presidenciais, implicando diretamente a presidente e candidata do PT à reeleição e seu antecessor, Luis Inácio Lula da Silva.

O depoimento faz parte do processo de delação premiada do doleiro, no qual em troca da redução da pena o acusado conta tudo o que sabe. O sistema de lavagem de dinheiro que, segundo a PF, Youssef comandou pode ter movimentado R$ 10 bilhões. Ele era como um banco clandestino do esquema.

“O Planalto sabia de tudo!”, começou o doleiro, quando perguntado sobre o envolvimento do Planalto no escândalo.  O delegado questionou quem sabia e Youssef foi categórico: “Lula e Dilma”.

Novo impeachment na história do Brasil ?

Se as acusações de Youssef se confirmarem e Dilma for reeleita, a candidata pode ser impedida de governar por um processo de impeachment, regulado pela Lei 1.079 que determina no Art.2º:

“Os crimes definidos nesta lei, ainda quando simplesmente tentados, são passíveis da pena de perda do cargo, com inabilitação, até cinco anos, para o exercício de qualquer função pública, imposta pelo Senado Federal nos processos contra o Presidente da República ou Ministros de Estado, contra os Ministros do Supremo Tribunal Federal ou contra o Procurador Geral da República”, diz a lei.

Os crimes que resultam em perda de mandato são: “atuar contra a guarda e o legal emprego dos dinheiros públicos; não tornar efetiva a responsabilidade dos seus subordinados, quando manifesta em delitos funcionais ou na prática de atos contrários à Constituição; proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”.

Fontes:
Veja - Dilma e Lula sabiam de tudo, diz Alberto Youssef à PF
Veja - Dilma e Lula sabiam da robalheira na Petrobras, diz Alberto Youssef. Se for verdade, é matéria de impeachment se ela for reeleita. Já seria agora, mas não há tempo

10 Opiniões

  1. marcia disse:

    blá,blá,blá,brasileiros inocentes,nem sabem o que falam.

  2. Beraldo Dabés Filho disse:

    Possibilidade quase nula esta de impeachment. Se ocorrer assume Michel Temer, do PMDB e aí é só aguardar 2018 e o PT vence com qualquer candidato. Vai aí um mero palpite: Pimentel Presidente e Pezão como vice. Minas e Rio de Janeiro juntos não tem adversários, ainda mais com esta oposiçãozinha incompetente que aí está.. Eita!!!!!!
    _________________________________________________
    EM 2018 NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  3. Ludwig Von Drake disse:

    Ninguém rouba tanto e durante tanto tempo de uma empresa, sem o conhecimento e a conivência dos chefes.

  4. Laura Araújo disse:

    Concordo plenamente.

  5. Julio Spinola disse:

    …não tornar efetiva a responsabilidade de seus subordinados quando manifesta em delitos…ela não demitiu Paulo Roberto Costa, ao saber de seus delitos. Removeu-o e deixou de molho na Petrobras Distribuidora. Só por isto ela já deveria responder processo, e não disputando eleições.

  6. helo disse:

    O advogado do delator só negou que Sergio Guerra tivesse recebido qualquer importância, desmentindo Dilma que 3 vezes fez a acusação nos debates. Se Youssef diz a verdade, e penso que sim, Dilma não poderá presidir o país.

  7. Áureo Ramos de Souza disse:

    Isto já devia ter acontecido, desde o mensalão pois eles sabiam de tudo e Joaquim Barbosa queria chegar a este ponto mais o ameaçarem então ele se afastou pois não é burro. Dilma irá escapar pois não irá ganhar.

  8. paulo fernando disse:

    A Constituição está ferida, e o julgamento acontecerá em 26/10/2014, através das urnas.

  9. luiz Fernando Nogueira disse:

    Estranho!?
    O advogado do delator negou conhecimento destas informações…

  10. jayme endebo disse:

    interessante !
    o Collor deve estar rindo à toa e nós, os otários, vamos continuar assistindo mais um teatro da nossa Cleptocracia.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *