Início » Brasil » Lula lidera pesquisa Datafolha para eleição de 2018
ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Lula lidera pesquisa Datafolha para eleição de 2018

Marina Silva e Jair Bolsonaro aparecem empatados na segunda posição

Lula lidera pesquisa Datafolha para eleição de 2018
Lula ganha em todas as simulações de primeiro turno da pesquisa Datafolha (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira, 26, pelo jornal Folha de S.Paulo sobre a disputa presidencial de 2018 aponta que o ex-presidente Lula (PT) mantém a liderança, com 29% a 30% das intenções de voto.

Marina Silva (Rede) e Jair Bolsonaro (PSC) aparecem empatados em segundo lugar, com 15% e 16%, respectivamente. A pesquisa mostra que Bolsonaro vem ganhando apoio. O deputado federal tinha 8% das intenções de voto em dezembro do ano passado. Em abril, passou para 14% e agora aparece com 16% — esses números foram obtidos em um cenário em que Geraldo Alckmin é o candidato do PSDB à presidência.

Em seguida, surge o nome do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (sem partido), com 11% das intenções de voto, seguido pelo tucano Geraldo Alckmin, com 8%. A rejeição ao governador de São Paulo aumentou, no entanto, para 34%, ficando atrás apenas da de Lula.

O ex-presidente Lula ganha de Bolsonaro e dos tucanos Alckmin e João Doria em um eventual segundo turno. Lula empata com Marina e com o juiz federal Sérgio Moro (sem partido) na margem de erro de dois pontos percentuais (para mais ou para menos) da pesquisa. Já Marina ganha de Bolsonaro e de Ciro Gomes (PDT), e empata com Alckmin e com Doria.

Apesar de ser acusado de corrupção e organização criminosa na Lava Jato, o ex-presidente Lula, que nega todas as acusações, ganha em todas as simulações de primeiro turno da pesquisa Datafolha.

Em um cenário em que Lula não participa da disputa presidencial de 2018, a competição fica mais acirrada. Marina aparece com 22% das intenções de voto, seguida por Bolsonaro, com 16%, e Joaquim Barbosa, com 12% a 13%.

No caso de uma disputa apenas entre nomes não citados na Lava Jato, Marina continua na frente, com 27%, seguida por Bolsonaro, com 18%, Doria, com 14%, e Ciro, com 12%.

Os nomes de Michel Temer (PMDB) e Aécio neves (PSDB) não foram incluídos no levantamento feito entre os dias 21 e 23 de junho, que contou com a participação de 2.771 pessoas em 194 cidades brasileiras.

Ainda de acordo com a pesquisa, 59% dos entrevistados não têm preferência por partido político.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Lula lidera, e 2º lugar tem empate de Bolsonaro e Marina, diz Datafolha

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

9 Opiniões

  1. laercio disse:

    Não deveria haver tais pesquisas pois elas podem influenciar na decisão de muitas pessoas, é um erro, é anti democrático tentar estimular o voto a favor kit em desfavor de alguém!
    Deixe o povo por si só meditar e votar.
    As pesquisas, os apoios financeiros, etc., devem ser proibidos! Cada qual deve votar conforme sua consciência.

  2. Armelindo disse:

    Acho que ainda é cedo para fazer qualquer pesquisa eleitoral porque as eleições será só em 2018, até lá ainda pode mudar muito porque o país está envolvido numa série de corrupções e em muitos partidos não só este ou aquele. Estes políticos que estão aí na frete das pesquisas podem aparecerem em algum escândalos até lá porque no Brasil ninguém sabe quem é sério ou não, infelizmente nossa situação é alarmante servidos de chacotas por diversas parte do mundo. Afasta presidente entra outro e o nosso país nada de melhorar nem na parte financeira, cultural e moral.

  3. Natanael Ferraz disse:

    Adoro as pesquisas do “datafoia”.
    Quer dizer que o Bolsonaro tira a Marina do segundo turno mas perde para ela em turno único? É o que está escrito nas linhas 4 e 14. Qual é a lógica disso?
    Poderiam apenas ter dito que o Bolsonaro é o único que cresce nas pesquisas….e nem é candidato.

  4. laercio disse:

    Existem as pesquisas! Existem as ONGs! As comissões de diretos, etc… Aí estão ideias as forças que realmente dominam o país!
    Tais forças conseguem misturar várias informações e por sua conveniência as afastam; conseguem assim manipular a opinião pública a favor de seus interesses!

    Percebam a sutileza: uma comissão X defende dependentes químicos mais não fala que o PCC está ganhando muito dinheiro com a Cracolândia; a opinião pública vê os dependentes como coitados mas, indiretamente, o crime crescer…

    Este é apenas um exemplo de como uma coisa está infiltrados na outra…

    Daí, de acordo com os interesses há a divulgação de informações que podem separar o dependente do criminoso…

    Isto ocorre nos mais variados assuntos e confunde a opinião pública de forma que o crivo popular é valorizado mas não tem um berço…

    Assim, muitas organizações (legais e ilegais) estão engordando, enquanto o povo não entende nada! Se quer sabem que estão sendo manipulados todos os dias!

  5. Beraldo disse:

    Já foi falado aqui, desde quando o Aecio Neves entrou com o procrsdo de cassação da chapa Dilma/Temer, que haveria um golpe e que a candidatura do Bolsonaro/2018 entraria em gestação,levantando vôo a partir do apoio da Globo.

    As coisas caminham no sentido profetizado.

    O profeta? Um certo frequentador do O e N.

  6. DINARTE DA COSTA PASSOS disse:

    Ninguém tira a eleição de LULA. Não tem pra Bolsonaro e nem Marina Silva.
    Digam que todos são ladrões, mas o LULA é menos ladrão de todos eles. Rouba mais Faz! E isso só já basta.

  7. Markut disse:

    Aí estaria a chave da questão: a massa eleitora, predominantemente analfabeta funcional, não por culpa dela, mas da baixa escolaridade, não tem, evidentemente, condições de “por si só meditar (?) e votar”.
    Neste cenário de insegurança fisica, moral e econômica,o eleitorado, engodado , mais uma vez, acabará optando por quem lhe prometa a ilusão de mais segurança e menos desassossego, recaindo mais uma vez, nas balelas do populismo predador, hora em que despontam ,abundantes, os Messias salvadores da pátria.
    Será, na realidade, mais um espetáculo de o rebanho desinformado ser conduzido ao precipício.
    Já não bastou a instauração da corrupção institucionalizada, graças ao lulo petismo ,ou o kirschnerismo argentino, ou o bolivarianismo venezuelano ?
    Vai se repetir a dose?

  8. Beraldo disse:

    Os “analfabetos funcionais”, com ou sem “populismo predador”, foram os brasileiros que, em maioria esmagadora, construiram e continuam construindo o Brasil desde 1500.

  9. Beraldo disse:

    “…não da baixa escolaridade, mas por culpa dela…”?

    He he he he!!!

    Que que isto!?

    Falta de uma escolaridade à qual nunca tiveram acesso,
    pois que nunca lhes foi oferecida.

    Simples sssim, sem joguete de palavras “desprezíveis ou desprezáveis”, parafrazeando um certo Temercola, lá na Noruega.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *