Início » Brasil » Lula mais preocupado com a família
Coluna Esplanada

Lula mais preocupado com a família

O que tem irritado Lula e chegou aos ouvidos dos procuradores e da PF é o cerco à sua família

Lula mais preocupado com a família
Principais investigadores da Lava Jato decidiram não cercar Lula (Fonte: Reprodução/Bloomberg News)

Os principais investigadores da Operação Lava Jato decidiram não cercar o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, a despeito dos indícios de benesses de sua gestão para construtoras amigas do PT e interferência pessoal por empreiteiras como OAS e Odebrecht, alvos da operação. O que se diz nos gabinetes do MP Federal e da Justiça Federal é que, se Lula um dia fosse preso, mesmo em caso de citação numa delação premiada, a operação iria para o brejo. Há precedentes. Mesmo citados por delatores, alguns suspeitos cujos nomes são mantidos em sigilo passam longe da cadeia hoje. Prender o ainda homem mais importante do Brasil seria tiro no pé, porque, na visão dos investigadores, passaria imagem de truculência contra um senhor de terceira idade e com saúde ainda em recuperação.

Mas o ex-presidente, que se diz tranquilo, não é o alvo — até porque não há nada contra ele que se saiba, em público ou nos autos dos processos da Lava Jato. O que tem irritado Lula e chegou aos ouvidos dos procuradores e da PF é o cerco à sua família. Não bastassem os boatos que rodam as redes sociais sobre o suposto enriquecimento surpreendente e meteórico do filho mais velho, um ex-funcionário de zoológico, outro personagem está na mira da Justiça e tira o sono do ex-presidente. Trata-se de Taiguara Rodrigues dos Santos, filho do irmão da primeira esposa de Lula, já falecida.

Fenômeno na construção civil revelado pela VEJA, Taiguara em poucos meses passou de um simples reformador de varandas para um dos grandes empreiteiros de Angola, na esteira de contratos com a Odebrecht (novamente ela). A ascensão de Taiguara, hoje um milionário e bem sucedido empresário do ramo, deu-se no governo Lula e continuou no de Dilma, na carona das obras da empreiteira baiana que recebe vultosos aportes do BNDES para obras no exterior.

Um eventual cerco a Taiguara não deixa de ser um ao ex-presidente.

Emissário submarino & Rio 2016

Ninguém em sã consciência que vê de perto a cor da Baía da Guanabara e da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, tem coragem de deslizar um dedo sobre o espelho d’água. Associações de quatro modalidades de esportes olímpicos reclamam oficialmente o direito de escolher outras praias para a competição dos Jogos de 2016.

Um dos maiores problemas do Rio é um crime ambiental oficial submerso debaixo do nariz da nata da high society carioca na Zona Sul — de onde emergem governantes estaduais e municipais há décadas. Chama-se Emissário Submarino.

Direto ao ponto: ele joga todo o cocô e esgoto da Zona Sul em alto mar desde os anos 60. No fim dos anos 90, rompeu na altura da praia de Ipanema, e sujou toda a orla por meses. O então governador Anthony Garotinho anunciou com pompas que resolveria o problema e gastou R$ 48 milhões na reforma. Tudo resolvido? Nada. O que ninguém diz no Governo e prefeitura do Rio, independentemente do inquilino nos Palácios, é que o Emissário continua a despejar no mar milhões de litros da sujeira de seus habitantes, e a sujeira volta diluída para as praias com o movimento das marés.

É um crime oficial que ninguém vê, e todos — governantes e população — dão de ombros, enquanto o oceano agoniza.

A solução passa pela construção de no mínimo oito estações de tratamento de esgoto, para que se evite a poluição do mar. Estavam prometidas no plano do Comitê Rio 2016 para o COI. Ficaram na maratona da burocracia. Só saiu uma — a que existe há décadas próxima ao Aeroporto do Galeão, reformada.

Anos atrás, antes de se afogar na lama que criou debaixo dos pés, o empresário Eike Batista propalava que pagaria do bolso a despoluição da Lagoa, sede das disputas de remo. As águas continuam tão sujas quanto o nome do empresário na praça.

Um cidadão antenado descobrirá no site da FEEMA, órgão do Governo, que as praias do trecho do Flamengo até parte de Ipanema estão impróprias para banho. Há décadas.

Piada do Herói

Presidente afastado da Eletronuclear acusado de receber propina de R$ 4,5 milhões do Eletrolão, o vice-almirante Othon da Silva está detido numa sala do Quartel General ‘Heróis da Lapa’ em Curitiba.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

8 Opiniões

  1. GCRMarcia disse:

    Lula Pinga Brahma da Silva, herói ? Símbolo da ascensão da classe pobre ? Que classe é essa… hoje ?!

  2. Jorge Hidalgo disse:

    Lembrei que Al Capone também se preocupava demais com a família….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Rogerio Faria disse:

    Prender o Almirante num País como o Brasil é mexer a onça com vara curta…

  4. Nicolau disse:

    Só no Brasil um ladrão da Elite Socialista não está preso!

  5. paulo fernando disse:

    Ainda não notei esse símbolo de heroísmo…..

  6. Elmer C. Corrêa Barbosa disse:

    É obvio de Brahma da Silva contava com a força inibidora de sua posição de ex-presidente, mesmo sendo o maior responsável pela bandalha na Petrobras, BNDES, Furnas, Eletronuclear e outras mais..se for preso, mesmo se citado numa delação premiada, a operação e que seja comprovado que ele levou, envolver ele, seus filhos e mulher, caracterizaria ”perseguição politica” , porque ele era pobre, foi metalúrgico (será?), amava os pobres e por isto foi apontado…O Ministério Publico e a Policia Federal tem razão, não se chuta cachorro morto; se esta morto, enterre-o é o que resta fazer. Para que ele não ressuscite como ocorreu com outros padrinhos (dom Collor, dom Renan, dom Maluf, dom Sergio Cabrão e tantos outros) é recomendável que se faça a autopsia da causa mortis e se dê grande divulgação a todo o processo da morte, inclusive se condene os cúmplices…para que não se repita o fato.

  7. vitafer disse:

    Faz sentido, ele ainda é um herói, símbolo da ascensão da classe pobre.

  8. yama souto disse:

    A preocupação CÍNICA do luis ignoracio deveria se voltar aos MILHÕES DE CIDADÃOS BRASILEIROS QUE HOJE E PARA O FUTURO PRÓXIMO SOFRERÃO COM AS CONSEQÜÊNCIAS DO DESCALABRO QUE FOI A SUA PASSAGEM PELO CARGO “ELETIVO” E A CONTINUIDADE IRRESPONSÁVEL E CRIMINOSA (CORRUPÇÃO) MANTIDA COM A FINALIDADE DE GARANTIR A IMPUNIDADE DA GESTÃO QUE A ANTECEDEU. A “ESPERANÇA” QUE AINDA MANTENHO É QUE O luis ignoracio SEJA LEVADO À JUSTIÇA AINDA NOS MEUS DIAS DE VIDA E VÊ-LO ACUADO RESPONDER AOS DESMANDOS E CRIMES OCORRIDOS SOB SUA INFLUÊNCIA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *