Início » Brasil » Lula: para advogado, condenação é fatal para o PT
JULGAMENTO DO TRF-4

Lula: para advogado, condenação é fatal para o PT

Condenação de Lula em segunda instância deixou várias dúvidas na cabeça dos eleitores brasileiros

Lula: para advogado, condenação é fatal para o PT
Lula está proibido de deixar o país e teve o passaporte apreendido (Foto: Facebook)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Depois que os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal, da 4ª Região, votaram pela manutenção da condenação – com ampliação da pena de nove anos e seis meses para 12 anos e um mês – do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, a grande imprensa traz em seus lides algumas perguntas: E agora? Proibido de deixar o país e depois de ter o passaporte retido, Lula será preso? O advogado Cristiano Zanin Martins tem na manga um novo pedido de apelação? Lula poderá ser candidato? Quais serão os reflexos políticos que virão com a condenação dele em segunda instância?

Advogado e professor do curso de Direito da Universidade Univeritas/UNG, Gleibe Pretti destaca que as chances de Lula concorrer às eleições de outubro são mínimas e aposta que o Partido dos Trabalhadores (PT) deverá mesmo escolher um novo nome. Autor de 45 livros, o consultor jurídico esclarece: “Do julgamento que ocorreu dia 24, são cabíveis ainda os chamados embargos de declaração, que visam apenas esclarecer alguns pontos antes da sentença, mas não há condição de se revogar a decisão proferida por 3 votos a 0, em que a pena aumentou. Ainda cabe recurso para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e para o Supremo Tribunal Federal (STF), enquanto o STF ainda está decidindo uma ação que determina se ocorrerá ou não a prisão em segunda instância”, pondera.

País demonstrou que tem leis severas

No entanto, Pretti destaca que somente o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) poderá declarar o ex-presidente inelegível. “Mas isso só poderá ser decidido em agosto. Primeiro, será feito um registro no Tribunal Superior Eleitoral e os outros partidos poderão apresentar uma contestação. Se a lei da ficha limpa for respeitada, a candidatura será impugnada, e ele não poderá participar das eleições”.

Perguntado por que a Justiça não determinou a prisão de Lula uma vez que já está condenado em segunda instância, o cientista político defende que, do ponto de vista constitucional, só é culpado um criminoso quando a sentença tenha transitado em julgado, ou seja, quando todos os recursos forem avaliados, para que não ocorram injustiças em um julgamento – uma vez que existe o chamado princípio da presunção da inocência. “O país está demonstrando que possui leis severas, o que ficou provado, com o julgamento do TRF 4ª região, de forma independente e sem nenhum tipo de pressão popular”, avalia Pretti.

O marketing petista no país do futebol

O especialista classificou de “jogada de marketing” o açodado lançamento da pré-candidatura do ex-presidente e concorda com o prefeito paulistano João Doria de que a condenação é um golpe fatal nas pretensões petistas. “Sem dúvida nenhuma, a visão do prefeito de São Paulo está correta, e isso abre precedentes para pré-candidatos que estão sendo cogitados, como, por exemplo, o apresentador Luciano Huck”.

Na manhã desta sexta-feira, 26, o advogado Zanin entregou o passaporte de Lula, acatando ordem de apreensão do documento do juiz substituto da 10ª Vara do Distrito Federal, Ricardo Leite. Lula está proibido de deixar o país e seu nome consta do Sistema de Procurados e Impedidos da Polícia Federal. A decisão do magistrado impediu a ida do petista para a Etiópia na madrugada do mesmo dia. O país africano não tem acordo de extradição assinado com o Brasil. Na capital Adis Abeba, o ex-presidente participaria de um encontro da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), a convite da União Africana, que reúne 54 países.

No país em que tudo acaba em samba e futebol, encerramos a entrevista exclusiva perguntando ao professor qual será o cenário político, com uma campanha presidencial começando a partir do final de mais uma Copa do Mundo. E a resposta dele foi uma aposta: “Estamos vivendo um ano extremamente intenso, com as eleições mais importantes dos últimos anos, após a redemocratização do país. O brasileiro perderá a vontade de acompanhar a Copa do Mundo, pois está tomando consciência de que existem outros pontos de suma importância para a sociedade”.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

10 Opiniões

  1. Vitafer disse:

    Boa análise, de quem entende do assunto. De fato, este ano será muito intenso para a nossa Pátria.

  2. Daniela Villa disse:

    Realmente o Brasil ainda é o país da impunidade: mesmo com a condenação confirmada por unanimidade e a pena aumentada, até os juristas ainda tem dúvidas se o Lula algum dia será preso.

  3. Almanakut Brasil disse:

    O lugar do Lula é no Inferno!

    E quem quiser que vá com ele!

  4. Aureo Ramos de Souza disse:

    Aio tá certo. Eu como simples leitor sem conhecimento jurídico já dizia que devagar e devagarinho e futucando com precisão Lula seria inelegível e eu ainda acredito em sua prisão pois tem muito mais coisas a se declarar. Este foi o primeiro passo.

  5. carlos alberto martins disse:

    o lula não representa o Brasil,visto que está afastado de qualquer cargo dentro do governo.como a Etiópia não tem tratado de extradição com o Brasil,fica patente que o ex,já está procurando algum lugar para se safar da justiça,isto é cadeia.

  6. olbe disse:

    A seriedade , a tranquilidade e todos os comprovantes de culpa , que todos sabemos não foi suficiente para a PT. ELES NÀO SE DEFENDEM..SÓ ATACAM.
    Vendo o advogado do Lula falar a gente acha que devemos colocar o juiz Moro na prisão.
    Eles são iguais aos terroristas muçulmanos..ATERRORISAM !!!
    Para que o país não fosse levado a um clima de guerra, Lula ainda ficou solto e disse que não ia aceitar…mas foi direitinho devolver o passaporte.
    Não acredito que ele ia fugir mas é pelo menos indecoroso um representante do Brasil condenado em segunda instância falar num evento tão importante.
    Nossas leis, infelizmente ajuda o bandido, vide o caso do MALUF, que um dia antes de ser preso jantou num restaurante de luxo e São Paulo e bebeu um vinho caríssimo mas qd a polícia chegou parecia que estava morrendo…e ainda está recorrendo depois de tantos anos..
    ISTO PRECISA TER UM FIM !!!!!

  7. Markut disse:

    Bom seria que estes conturbados acontecimentos representassem um pequeno passo, rumo ao indispensavel amadurecimento deste terceiro mundismo, populista e predador, em que estamos mergulhados.
    O primoroso desempenho dos 3 desembargadores do Tribunal Regional Federal, em Porto Alegre, trouxe uma luz de esperança, nesse sentido.

  8. Poli Bittes disse:

    Apenas a continuação do golpe!

  9. Laércio disse:

    Lula é página virada, o problema é tirar das trevas o seu séquito que está iludido com arroz e feijão gratuito.

  10. Beraldo disse:

    Oh!!!!!

    As andorinhas voltaram.

    E eu também voltei.

    Muita águia pra rolar debaixo da ponte ainda, suas apressadinhas.

    Lula inelegível ou não, Lula preso ou não, o candidato que ele indicar e/ou apoiar, terá as maiores chances de se eleger.

    Salvo um “Regolpe” político/jurídico/global ou, pra não dizer que não falei de fardas, um Militar mesmo.

    Qual o Brasil que vocês querem para o futuro?

    He he he he he he he !!!!

    Nada como um dia depois do outro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *