Início » Brasil » Maioria dos parlamentares do PT desaprova propostas de ajuste fiscal
Impasse no Congresso

Maioria dos parlamentares do PT desaprova propostas de ajuste fiscal

Resistência de petistas põe em risco aprovação das propostas do governo. Medidas deverão ser alteradas

Maioria dos parlamentares do PT desaprova propostas de ajuste fiscal
No Senado, rejeição à proposta é praticamente unânime (Foto: Reprodução/Internet)

A grande maioria dos parlamentares do PT é contra o ajuste fiscal proposto pelo governo e enviado ao Congresso no fim do ano passado, de acordo com um levantamento do jornal O Globo divulgado nesta segunda-feira, 2. Dos 59 deputados e senadores petistas entrevistados pelo jornal (a bancada petista tem um total de 79 parlamentares), 40 disseram ser contra as propostas, enquanto apenas 18 concordaram e um não quis comentar.

Apesar de não concordarem, alguns petistas disseram que acompanharão a orientação do governo na votação do ajuste. Pelo levantamento, 29 dos 59 parlamentares seguirão o governo, mas 20 afirmaram que não aceitarão, e dez responderam que só serão a favor se alterações forem feitas nas duas medidas provisórias enviadas ao Congresso.

No Senado, a rejeição à proposta é praticamente unânime: dos 12 senadores ouvidos. 11 são contra e um não quis responder. O grau de fidelidade a Dilma é maior na Câmara, onde 25 deputados pretendem seguir a orientação do governo, contra 15 que não o farão. Outros sete disseram que seguirão o Planalto desde que alterações sejam feitas no texto das propostas.

Medo da reação do eleitor

Os parlamentares petistas demonstraram preocupação sobre o efeito do ajuste fiscal sobre suas bases eleitorais. O ajuste endurece as regras para concessão de benefícios como auxílio-doença, pensão por morte, abono salarial e seguro-desemprego. Eles acreditam que o ajuste prejudica principalmente os trabalhadores.

A validade das duas MPs termina em 2 de abril, e as medidas correm sério risco de perderem o prazo, já que até o momento, a comissão mista que deveria emitir um parecer sobre a proposta sequer foi instalada. O cenário não é animador para as pretensões do governo.

 

 

Fontes:
O Globo - Maioria petista no Congresso é contra o ajuste fiscal proposto por Dilma

1 Opinião

  1. Marluizo Pires Cruz disse:

    O Brasil em termo de economia estatal sempre teve facilidades em indicar comandante para navegar em águas calmas, porém o maior problema é quando as ondas turbulentas insistem em não virar marolas, ele vem com propostas de ajuste fiscal que somente atingem pequenos deixando tubarões nadando livres ameaçando devorar o país dos especialistas em apontar acertos depois dos erros.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *