Início » Brasil » Mais de 1 milhão de brasileiros deixaram de ter carteira assinada
ECONOMIA

Mais de 1 milhão de brasileiros deixaram de ter carteira assinada

Taxa de desemprego no Brasil chega a 8,7% no trimestre encerrado em agosto de 2015

Mais de 1 milhão de brasileiros deixaram de ter carteira assinada
Aumento do desemprego foi o maior já registrado pela pesquisa do Pnad (Foto: Wikimedia)

Nesta quinta-feira, 29, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, que revelou que a taxa de desemprego no Brasil ficou em 8,7% no trimestre encerrado em agosto de 2015.

Como a taxa de desemprego, no mesmo trimestre do ano passado (junho a agosto de 2014), ficou em 6,9, a quantidade de empregados com carteira assinada recuou em 1,1 milhão.

“Em geral, todos os grupamentos estão perdendo formalização, principalmente o comércio”, disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

Em todo o país, nos meses de junho a agosto, houve um aumento de 29,6% no número de desempregados na comparação com o mesmo período do ano passado. O crescimento da população desocupada também foi recorde, de acordo com a pesquisa, que tem informações desde março de 2013 no confronto anual.

De junho a agosto o Brasil tinha 8,804 milhões de desempregados, o maior nível da série, iniciada em janeiro de 2012.

 

 

Fontes:
O Estado de S.Paulo-Mais de 1 milhão de brasileiros perdem emprego com carteira e desocupação vai a 8,7%

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Joma Bastos disse:

    Taxa de desemprego é de 8,7%(8,804 milhões de desempregados)?
    Só no Bolsa Família são entre 20 a 25 milhões de desempregados que não constam das estatísticas oficiais. Então a taxa de desemprego ultrapassa largamente os 20%.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *