Início » Brasil » Mais de 3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto de forma irregular
Meio Ambiente

Mais de 3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto de forma irregular

Mesmo tendo uma rede coletora apropriada para esse serviço próximo de casa, muitos não se regularizam para evitar pagar tarifa de serviço

Mais de 3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto de forma irregular
O esgoto irregular destas cidades, de 14 estados diferentes, seria capaz de encher uma piscina olímpica a cada dois minutos e meio (Foto: Wikimedia)

Segundo uma projeção do Instituto Trata Brasil para as 100 maiores cidades do país, mais de 3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto de forma irregular, mesmo tendo uma rede coletora apropriada para esse serviço próximo de suas casas. O estudo, que foi feito em parceria com a OAB, consultou as concessionárias de saneamento de 47 grandes cidades.

O esgoto irregular destas cidades, de 14 estados diferentes, seria capaz de encher uma piscina olímpica a cada dois minutos e meio.

O estudo revela que apesar de a responsabilidade de ligar o imóvel à rede pública de esgoto ser do dono, o brasileiro não se regulariza, pois não quer pagar a tarifa do serviço. Como a população não se conecta ao esgoto, os dejetos são jogados sem tratamento em rios e represas. “O esgoto acaba caindo no rio ou vai para fossas rudimentares quem contaminam o lençol freático”, explica Alceu Galvão, coordenador técnica da pesquisa.

Além dos problemas ambientais, há ainda perdas econômicas no país. As concessionárias de saneamento dos 47 municípios da pesquisa deixam de arrecadar entre R$ 543 a R$ 925 milhões por ano. Valor que poderia ser investido no próprio saneamento básico e na recuperação de mananciais. “Isso acaba criando um desincentivo ao investimento no setor sanitário. Pois, o investidor não tem garantia de retorno do investimento”, afirma Galvão.

Fontes:
Folha de S. Paulo-3,5 milhões despejam esgoto irregular mesmo tendo rede coletora

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *