Início » Brasil » Malala Yousafzai vem ao Brasil em julho
PRIMEIRA VISITA

Malala Yousafzai vem ao Brasil em julho

Ativista paquistanesa pela educação de meninas e mulheres virá pela primeira vez ao país, em 9 de julho, para participar de um debate em São Paulo

Malala Yousafzai  vem ao Brasil em julho
Debate, que será fechado, é organizado pelo Itaú Unibanco (Foto: Flickr/World Bank)

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai virá pela primeira vez ao Brasil, no dia 9 de julho, para um debate sobre  o papel da educação no desenvolvimento infantil e das mulheres no Brasil. O evento, que será fechado, ocorrerá em São Paulo e é organizado pelo Itaú Unibanco.

Com apenas 20 anos, Malala é uma das mais proeminentes ativistas do mundo em prol da educação de meninas e mulheres. Sua jornada começou ainda criança, quando tinha apenas 12 anos, e criou um diário online sobre sua vida escolar, a pedido da BBC. Nele, sob o pseudônimo de “Gul Makai”, Malala documentava a repressão à educação feminina no Paquistão, imposta pelo Talibã.

Por conta de seu ativismo, ela foi alvo do Talibã em 2012, quando o ônibus escolar em que ela estava foi atacado por integrantes do grupo. Ela e mais duas garotas levaram tiros. Todas sobreviveram, mas Malala ficou gravemente ferida após levar um tiro no rosto. O projétil ficou alojado em seu pescoço.

Transferida para o Reino Unido, ela foi operada e salva, mas precisou de diversas cirurgias para reconstruir seu crânio. Ela, seus pais e seus irmãos se mudaram para o país por questões de segurança. Após se recuperar, Malala intensificou sua luta em prol da educação feminina. Ela voltou à escola, terminou o ensino médio e começou a cursar filosofia, política e economia na Universidade de Oxford.

Sua luta a levou a diversas partes do mundo onde o direito das mulheres à educação é ameaçado. Em 2014, ela recebeu o prêmio Nobel da Paz, que dividiu com o indiano Kailash Satyarthi. Ela também recebeu, em 2013, o Prêmio da Paz para a Infância, o prêmio Anna Politkovskaya, o Prêmio Sakharov de Direitos Humanos do Europarlamento, além da Medalha da Liberdade, do Centro Nacional Constitucional, dos EUA.

Fontes:
G1-Malala estará em SP para debate sobre educação e papel das mulheres

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *