Início » Brasil » Campos diz que debate sobre manifesto do PSB foi feito a seu pedido
Eleições 2014

Campos diz que debate sobre manifesto do PSB foi feito a seu pedido

Segundo pré-candidato, documento que defende 'socialização dos meios de produção' e 'limites à propriedade privada' deve ser alterado em junho

Campos diz que debate sobre manifesto do PSB foi feito a seu pedido
Email também traz um texto classificado como ‘discurso padrão’ de Campos (Reprodução/Folha)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O pré-candidato à Presidência, Eduardo Campos (PSB) declarou nesta segunda-feira, 05, que o debate sobre possíveis mudanças no manifesto do partido foi feito a seu pedido.

Segundo Campos, a ideia de alterar o documento partiu de encontros entre os membros do partido. “Nesses encontros nós temos interesse de fazer esse debate para mudar nosso programa. Estamos falando de um documento histórico do partido, escrito em outras circunstâncias”, disse Campos, ressaltando que as alterações no documento devem ser feitas até 10 de junho.

Nesta segunda-feira, a imprensa divulgou que um email que circula na internet preocupa os coordenadores da campanha eleitoral de Eduardo Campos. A mensagem critica o manifesto do PSB e pode causar a alteração do documento, escrito em 1947.

No email, o coordenador de comunicação da campanha, Alon Feuerwerker, encaminha a Campos uma mensagem enviada por um colaborador questionando trechos do manifesto do partido que defendem a “socialização dos meios de produção” e “limites à propriedade privada”.

“Tem como mexer nisso na convenção de junho?”, pergunta Alon, em referência ao evento em que será oficializada a candidatura de Campos.

O email também traz um texto classificado como “discurso padrão”, em que aparecem ataques às falhas do governo Dilma. De acordo com o texto, a ideia é mostrar que “o Brasil vinha melhorando, e parou de melhorar”.

 

Fontes:
Folha-Manifesto do PSB preocupa pré-campanha de Campos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. olbe disse:

    Já começou o jogo sujo de enlamear o candidato da oposição. Assisti ontem o debate dele na BAND e gostei muito. Ele tem provas irrefutáveis de que fez um bom governo e tem muitos planos que parecem muito bons para o Brasil poder dar a volta. O problema é que sempre vai ter alguém, com medo de perder as eleições, mostrando malfeitos que ele poderia ter feito..Véspera de eleições: jogo sujo!!!!!

  2. Everaldo disse:

    Agora se aproximando das campanhas eleitorais, iremos ter notóriamente uma avalange de “candidatos sem ética nem moral” que ao preço de poder se eleger, irão querer desestabilizar aqueles que tem chance de se mostrarem e de colocarem seu plano de governo em uma base ética. Agora vejamos creio que alguns dos pré candidatos deveriam ter vergonha do que fizeram, assumir sua culpa e sair do cenário politico. Mas como nossas leis eleitorais não são sérias, estas pessoas vão se candidatar, denegrir a imagem de seus oponentes e o pior irão se sair bem.
    Eu creio que hoje, com o advento da globalização e dos meios globais de informação, deveriam ser chamados alguns formadores de opinião de nossa sociedade para arguir os candidatos, principalmente em suas responsabilidades com a sociedade. Será que todos iriam suportar essa pressão???????

  3. Leonisio Antunes de Souza disse:

    Não é jogo sujo não Olbe, leia o manifesto do partido que está no site e conheça a proposta socialista que está ali presente. Como dizer que os tempos são outros? O que significa isso?
    Lá está bem claro sobre a “socialização” da produção e da propriedade particular reduzida ao nível da capacidade de uso pessoal. O partido foi fundado assim, com esses ideais e termos, e agora mudam? Como assim? E se ganharem a eleição? Muda de novo; volta ao que era antes? Que socialismo é esse?
    Pra mim isso tem apenas um nome: O poder pelo poder.
    Ser socialista em país capitalista e democrático é muito bom não? Vá ser capitalista em Cuba ou na China pra você ver o que te acontece…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *