Início » Brasil » Marina não deixa dúvidas: ‘O candidato é Campos’
Eleições 2014

Marina não deixa dúvidas: ‘O candidato é Campos’

Ex-senadora deixa claro que o governador de Pernambuco Eduardo Campos será o candidato à presidência pelo PSB nas próximas eleições e não define se entrará na chapa como vice

Marina não deixa dúvidas: ‘O candidato é Campos’
Marina e Campos durante a divulgação das diretrizes do programa de governo da coligação PSB/Rede, nesta terça (Reprodução/FolhaPress)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A coligação do PSB de Eduardo Campos e da Rede Sustentabilidade de Marina Silva lançaram nesta terça-feira, 4, em Brasília, as diretrizes de seu programa de governo. Durante a cerimônia, Marina afirmou de forma categórica que não pretende substituir o governador de Pernambuco na candidatura à Presidência. Ela não deixou claro, porém, se será a candidata a vice na chapa de Campos.

“Vice é o candidato quem define, e o candidato é ele [Campos], vocês têm ainda alguma dúvida disso?”, disse a ex-senadora, que em outubro se juntou ao projeto do PSB depois que sua legenda, a Rede, teve o registro negado.

Marina, entretanto, continua à frente de Campos nas pesquisas de intenção de voto. Antes do lançamento das diretrizes, que ocorre em um auditório da Câmara na tarde desta terça, Marina e Cmapos foram à sede do PPS oficializar o convite para que o partido integre sua coligação.

As diretrizes do programa de governo listam cinco prioridades genéricas da coligação: 1) “Estado e democracia de alta intensidade”; 2) “Economia para o desenvolvimento sustentável”; 3), “Educação, cultura e inovação”; 4) “Políticas sociais e qualidade de vida” e 5) “Novo urbanismo e pacto pela vida”. O documento é vago e deve apenas servir de parâmetro para discussões regionais que definirão o projeto final do governo da dupla.

Fontes:
Folha de S. Paulo - 'Vice é candidato quem decide, e o candidato é Campos', diz Marina

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Mauricio Fernandez disse:

    Dilma e Lula, hoje com as eleições perdidas, não temem Eduardo, Marina ou Aécio com seus projetos vagos “para encher linguiça”. Tampouco mete medo a eles um eventual fracasso do time brasileiro na Copa, inflação ou que diabos de protestos seja. Estão preocupados mesmo é com uma nova formatação de alianças e sustentações, aquelas mesmas que mantém Eduardo, Marina e Aécio literalmente parados com o jogo em andamento.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *