Início » Brasil » Marina quer ver índios e MST nas pautas de Aécio para firmar aliança
Eleições 2014

Marina quer ver índios e MST nas pautas de Aécio para firmar aliança

Ex-senadora revelou a membros do partido que precisa ser ‘convencida’ para manifestar apoio ao tucano

Marina quer ver índios e MST nas pautas de Aécio para firmar aliança
Marina Silva: a reforma agrária, o comprometimento com os índios e o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra estão entre as prioridades para o estabelecimento da aliança (Reprodução/Eduardo Knapp/Folhapress)

A ex-candidata à presidência pelo PSB Marina Silva foi taxativa ao estabelecer as condições que determinarão seu apoio a Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições: o tucano precisa se inclinar mais à esquerda, sobretudo quanto aos movimentos sociais.

Leia mais: Rede descarta apoio a Dilma e não há consenso sobre Aécio
Leia mais: Marina Silva sinaliza apoio a Aécio Neves

Após reunião de três dias com aliados na Zona Sul de São Paulo, Marina definiu que a reforma agrária, o comprometimento com os índios e o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra estão entre as prioridades para tornar pública a aliança com Aécio.

Terceira colocada na disputa presidencial, Marina revelou a seus interlocutores que precisa ser “convencida” de que o PSDB firmará compromissos com os seguimentos da sociedade que lhe dedicaram o voto em 2010 e 2014. Para isso, aguarda a visita do tucano.

“Marina não vai ao encontro de Aécio. Ele que precisa ir ao encontro dela”, afirmou um dos principais assessores do PSB.

A reforma política (com o fim da reeleição), a sustentabilidade e a educação em tempo integral são outras propostas consideradas por ela fundamentais para a aproximação. Todas estas já figuram no plano da candidatura tucana.

O último contato entre a ex-senadora e Aécio se deu durante um telefonema, realizado por ela, para parabenizá-lo pelo resultado da disputa.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Marina quer aceno tucano a MST e índios para apoiar Aécio

3 Opiniões

  1. Flavia disse:

    Espero que o Aécio não aceite. O projeto dele foi elaborado com todos que o apoiaram no primeiro turno. Teve uma enorme participação popular. O projeto de Marina perdeu no 1º turno. Essa é a nova velha politica. Apoia logo ou tiau. Os indios e demarcações já estão na pauta do Aecio antes da Marina ser candidata. Acho que ela não leu o projeto dele.

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    Marina quer ver índios e MST nas pautas — com o risco de parecer insensível às causas sociais, às minorias e menos favorecidos da sociedade brasileira, entendo que esse tipo de enfoque político demostra uma percepção ‘enviesada’ das prioridades nacionais. Ora bolas!, a economia do país com crescimento pífio, a inflação dando as caras de novo, as contas públicas ao ‘deus dará!’, e Marina Silva mais preocupada com MST e a questão indígena?!… Não que não há de se dar atenção a esse temas, mas eles são ‘pra depois’, mesmo porque, sem primeiro sanear as finanças, não há dinheiro público que chegue pra tudo quanto é programa disso ou daquilo! E seria uma irresponsabilidade, um acinte, achar que é só tributar mais a classe média (grande parte do eleitorado tucano) e a indústria, que é quem carrega nas costas as benesses que o governo oferece às classes menos favorecidas (o eleitorado do PT…!)
    Eu penso assim!

  3. helo disse:

    Marina está certa em se preocupar com os índios e suas terras e com a reforma agrária. Erra quando elege o MST como o representante dos sem-terra. Eles são como a UNE, recebem mesada e não fazem o seu trabalho.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *