Início » Opinião » Artigos » MDB x Pimentel
COLUNA ESPLANADA

MDB x Pimentel

MDB de Minas Gerais vai decidir se permanece ou não na base do governador Fernando Pimentel

MDB x Pimentel
Se o partido abandonar o governo petista, abre caminho para tirar Pimentel do Poder (Foto: Wikimedia)

O MDB de Minas Gerais se reúne hoje para decidir se permanece ou não na base do governador Fernando Pimentel (PT), cujo pedido de impeachment foi lido na Assembleia Legislativa. Se o partido abandonar o governo petista, abre caminho para tirar Pimentel do Poder e instalar no Palácio o vice Toninho Andrade (MDB), que está rompido com o governador há mais de ano. Mas habilidoso, Pimentel passou a segunda-feira negociando diretamente com o presidente da Assembleia, Adalclever Lopes (MDB), para contornar a situação. Tudo pode acontecer – até o nada.

À mesa

Adalclever negocia se lançar ao Senado por uma das vagas numa composição com o PT. Mas há boa parte do MDB, sob tutela de Newton Cardoso, que quer depor Pimentel.

Cautela no ninho

Há coalizão em negociação contra Pimentel. O PSDB está cauteloso. Avalia que não é negócio fazer Toninho governador à véspera de eleição que os tucanos podem levar.

Fuga

Vez em quando Adalclever some de BH para refrescar a cabeça na Praia do Espelho, em Trancoso, na Bahia. Ele aluga a casa de um nativo naquele paraíso.

Copa CNC

Segue a disputa ferrenha polarizada pelo comando da CNC, com Laércio Oliveira (SE) x José Roberto Trados (AM). O cenário está inconcluso. As federações de Norte e Nordeste apoiam Trados. As do Sul, Centro-Oeste e Sudeste apoiam Laércio. A eleição é em setembro.

Na mira

Aliás, o Ministério Público Federal está de olho nas federações estaduais ligadas ao Sistema S. O que se diz entre investigadores é que há mais duas na fila, além do Rio de Janeiro e Minas Gerais, que sofreram intervenção judicial.

Alerta

Apesar da baixa inflação, da retomada da economia e da taxa Selic histórica, a bancada do PT no Senado fez devassa nos dados divulgados pelo governo de Temer e lançou o documento “Alerta Econômico”. Nele, aponta “a elevação do desemprego e o crescimento das ocupações precárias e da extrema pobreza”.

Turma do jaleco

O deputado Betinho Gomes (PSDB-PE) critica a falta de transparência nos editais, provas, gabaritos e dos recursos administrativos do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida). “Ainda há dúvidas sobre a aplicação das provas e a própria confecção dos editais”, diz o parlamentar.

Vale ouro

A Agência Nacional de Mineração nem foi oficialmente criada, mas já enfrenta desafio comum das outras reguladoras: a indicação política. Ligado ao PSDB e MDB mineiros, o engenheiro Sérgio Damaso está cotado para assumir a direção-geral da ANM.

Casa nova

Damaso já comandou o Departamento Nacional de Produção Mineral – órgão que será substituído pela Agência. Todos os servidores em exercício no DNPM serão transferidos para a ANM, que contará ainda com o quadro de inativos e pensionistas.

Podemos cresce

Em menos de um ano de fundação, o Podemos já arrebanhou quatro senadores – além do presidente, Álvaro Dias (PR). A bancada do partido já é maior que a de legendas como PSB, PDT e DEM.

Trampolim

Os dois últimos recém-chegados ao partido são egressos do MDB: Elmano Férrer (PI) e Rose de Freitas (ES). Ambos pretendem concorrer aos governos dos respectivos Estados e foram “limados” da disputa por caciques emedebistas.

Facilitador

A QuintoAndar chega amanhã a Belo Horizonte, Brasília e Goiânia. Em tempos em que as imobiliárias dificultam na burocracia do pedido de caução alta ou fiador, a startup facilita os aluguéis e a interface entre locador e locatário, e dá até seguro de R$ 50 mil.

Elevador digital

A empresa foi fundada por dois mineiros, André Penha e Gabriel Braga, que voltaram de Stanford (EUA) após experiência pessoal: um tinha apartamento e não conseguia locatário; e outro tinha dificuldades em alugar. A empresa já vale US$ 1 bilhão.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *