Início » Brasil » Meninos começam a ser vacinados contra HPV
SAÚDE

Meninos começam a ser vacinados contra HPV

Vacina, que até o ano passado era distribuída apenas para meninas, vai estar disponível pelo SUS

Meninos começam a ser vacinados contra HPV
Espera-se que 3,6 milhões de jovens sejam imunizados em 2017 (Foto: Flickr)

Este ano, meninos de 12 e 13 anos vão passar a ser vacinados contra o vírus do papiloma humano (HPV) em todo o país, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Até o ano passado, no Brasil, esta imunização era feita apenas em meninas entre nove e 13 anos. O objetivo é ampliar a faixa etária de forma gradativa até 2020, para incluir meninos de nove a 11 anos.

Espera-se que 3,6 milhões de jovens sejam imunizados em 2017. Além do novo grupo, 99,5 mil crianças e jovens entre nove e 26 anos que vivem com o HIV/AIDS também serão vacinados pelo SUS. Para alcançar este objetivo, o governo adquiriu seis milhões de doses por R$ 288,4 milhões. A vacina disponibilizada para os meninos confere proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem toma todas as doses previstas.

A vacina, que protege contra os cânceres de pênis, garganta e reto, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV, é segura e aprovada pelo Conselho Consultivo Global sobre Segurança de Vacinas da Organização Mundial de Saúde (OMS). A definição da faixa-etária para a vacinação visa proteger as crianças antes do início da vida sexual e, portanto, antes do contato com o vírus.

A partir de 2017 também serão incluídas no processo vacinal meninas de 14 anos que não tomaram a vacina ou não completaram as doses iniciadas. A estimativa é de que 500 mil adolescentes estejam nessa situação.

O esquema para vacinar os meninos contra HPV é de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla (9 a 26 anos) e o esquema é de três doses (intervalo de zero, 2 e 6 meses). No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.

O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunizações. Os outros países são Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá.

Fontes:
O Globo-Vacina contra HPV começa a ser dada em meninos no Brasil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Carlos Valoir simões disse:

    O filme “Lucy”, com Scarlett Johansson e Morgam Freeman e o filme “Sem Limites”, com Robert de Niro, tratam de uma droga que aumenta a inteligência das pessoas. Fico pensando se quando inventarem isso, se será feita “vacinação em massa” de todas as crianças, por conta do SUS.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *