Início » Brasil » Menos de 5% dos brasileiros com hepatite C recebem tratamento
Doença silenciosa

Menos de 5% dos brasileiros com hepatite C recebem tratamento

Pesquisa inédita do Datafolha revela que a maioria da população brasileira não sabe o que é a doença e não procura tratamento

Menos de 5% dos brasileiros com hepatite C recebem tratamento
Esta terça-feira, 28 é Dia Mundial de Combate às Hepatites (Foto: Wikipedia)

Uma pesquisa inédita do Datafolha mostra o desconhecimento da população sobre a Hepatite C e o seu subdiagnóstico. A doença, que ataca o paciente de forma silenciosa e pode evoluir para cirrose ou câncer de fígado, é a causa mais frequente de transplante hepático (65% dos casos), tanto por insuficiência hepática como pelo carcinoma hepatocelular. A doença tem mais de 2 milhões de infectados no país, dos quais a maioria desconhece a condição e menos de 5% são tratados.

Nesta terça-feira, 28, Dia Mundial de Combate às Hepatites, a Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) e a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) lançam a Campanha Nacional de Combate à Hepatite C para estimular médicos de todas as especialidades a pedirem o exame da doença. Uma força-tarefa também vai promover a detecção e avaliação da Hepatite C em unidades móveis no Estado de São Paulo. A ideia é que esse projeto piloto se espalhe por todo o Brasil. Além de agilizar o diagnóstico, serão fornecidas orientações e encaminhamento para tratamento.

“Se não tratada corretamente, a doença evolui de forma silenciosa para manifestações graves como cirrose e câncer, com morbidades variadas e altas taxas de mortalidade. Espera-se para os próximos anos um aumento de 95% destes casos mais avançados no Brasil, se não forem tomadas providências urgentes para reverter o quadro”, alerta Edison Roberto Parise, presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia.

Fontes:
Portal Novidade - Pesquisa inédita do Datafolha mostra a preocupante situação das Hepatites no Brasil

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *