Início » Brasil » Mensalão: agora vai?
Grita Brasil

Mensalão: agora vai?

A imagem de Zé Dirceu algemado, entrando no complexo penitenciário, será tão forte como a do homem pisando na Lua

Mensalão: agora vai?
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas-feiras

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ex-ministro, que ainda se acha o todo poderoso – como pode isso, né? – José Dirceu, e que continua cuspindo na cara do Brasil, dizendo que o Brasil sabe que ele é inocente, pode ter uma grande decepção na sua vida antes do Natal. Tomara, meu Deus, tomara!

O que Dirceu não percebeu é que ele fala de um Brasil e nós falamos de outro. O Brasil de Dirceu, que é também o de Genoino, Renan, Sarney, Lula e de tantos outros dessa laia, é aquele em que se faz o que se quer e ninguém paga nada, muito pelo contrário, nós é que pagamos. Já o nosso Brasil é aquele da esperança de que um dia vai. É aquele que, a partir do episódio do mensalão, pode vir a ser um país melhor, onde fazendo algo o pagamento virá. Em muitos casos. Em outros não. Infelizmente. É a tal coisa, não se pode ganhar todas. E é claro, temos a consciência de que esse nosso Brasil não é e nunca será um país livre de corrupção, de políticos corruptos, mas um país de respeito e que pune de forma correta aqueles que são pegos na curva com a cueca cheia de dinheiro desviado, dobrando a esquina.

Agora é com a turma do STF!

 

E podemos dizer que demos mais um passo para isso. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou – antes tarde do que nunca! – o seu pedido para que seja executada imediatamente – e finalmente – a pena dos condenados no processo do mensalão. E eu concordo plenamente com o pensamento dele. Segundo Janot, os réus poderiam já começar a pagar suas penas, uma vez que, já condenados, a única coisa que poderia acontecer seria que a pena fosse reduzida no quesito tempo, mas mesmo assim a pena está lá para ser executada e cumprida. Por exemplo, Dirceu, que foi condenado a dez anos e dez meses de reclusão, pode ter a pena reduzida para sete anos e 11 meses caso os seus embargos sejam aceitos. Mas isso não o isentaria de ir para a prisão. Então, não é melhor começar a pagar logo? Pensa bem, quanto mais rápido entrar, mais rápido vai sair. Pense que, se Dirceu entrar hoje ele poderá assistir os Jogos Olímpicos de 2024 em liberdade. Não é o máximo isso?

O problema é que Dirceu é uma figura emblemática e exerce todo um simbolismo nessa história do mensalão. Só faltou fazerem ele de mascote do mensalão. Ainda mais quando, mesmo depois de comprovada a sua culpa, ele ainda arrota que é inocente, aparece tomando champanhe e passando fins de semana com sua namorada bonitona em hotéis de luxo, resorts e com a cara mais lavada, sorrindo para quem quiser ver e até para os que não querem ver. E sem falar da sua ameaça em recorrer à Corte Interamericana de Direitos Humanos. E os nossos direitos? Ou não somos humanos (também)?

 

Eu arriscaria dizer que, quando as câmeras de televisão mostrarem Dirceu algemado entrando no Complexo Penitenciário, vai ser uma imagem tão forte como a do homem pisando na Lua. O significado disso para nós será tremendo, assim como para os políticos que ainda pretendem seguir na carreira da ladroagem. Que sirva de alerta. Ou de incentivo. Vai que eles começam a mudar de conduta e com isso incorporam o verdadeiro papel que um político deve ter como nosso representante e não apenas representando a si mesmo.

No Superior Tribunal Federal (STF) dois ministros já defenderam a tese de Janot: Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello. Dizem por aí que Joaquim Barbosa, o presidente do STF, também concorda com ela. Santo Joaquim! E claro, santos Gilmar e Marco Aurélio! Mas do outro lado ainda há quem queira que a execução das penas se dê apenas depois do julgamento dos infringentes, aguardada para 2014. Ou seja, querem dar mais vida àqueles réus condenados, mesmo aqueles que não deixarão de ser condenados, apenas podem ter parte da pena reduzida. Não é Lewandowski? Não é Dias Toffoli?

Mas pra que isso? Pra que adiar o sofrimento? Melhor seria vê-los presos antes do Natal. Vai que Papai Noel aparece!

Não sou advogado – talvez uns me considerem um do diabo –, mas não é preciso ser um para entender que com ou sem os embargos pouca coisa vai mudar. Para o pai do mensalão, José Dirceu, a única coisa que poderá – eu disse poderá– mudar é caso ele seja absolvido da condenação de formação de quadrilha. Nesse caso, em vez de ficar em regime fechado ele ficaria no semiaberto, onde poderá sair para trabalhar, tendo que voltar somente para dormir na cadeia. Portanto, não muda muita coisa, a pena está aí para ser cumprida. E com relação aos outros condenados a linha de raciocínio é a mesma. Pra que esperar que eles sejam trancafiados se, querendo ou não, terão que pagar sua dívida à sociedade? Ou vai me dizer que alguns ministros já estão dando o indulto de Natal antecipado aos condenados? Faça-me o favor.

E se me perguntasse o que eu gostaria de presente de Natal, é simples: aproveitar a campanha de lixo zero nas ruas, para tirar o lixo também de Brasília. Em outras palavras, ver todos os condenados do mensalão presos.

Chega de guardar o lixo debaixo do tapete.

Joaquim Barbosa para presidente e Rodrigo Janot para vice. Isso sim seria uma chapa quente. VOTE JJ!!

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambientes fechados.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

9 Opiniões

  1. carlos augusto de araujo dória cdoria@petrobras.com.br disse:

    Nada de Joaquim e Janot.

    FHC e Serra, para acabarem o serviço. Falta privatizar Petrobrás, BB, Caixa Econômica, BNDES, Furnas, etc,etc

  2. Antonio Manoel G G Rato disse:

    Schamis,
    Que ingenuidade a sua. Se ele for inocentado do crime de quadrilha vai para o semiaberto, como vai agora por crime de corrupção ativa, E se o juiz de Execuções Penais averiguar que não há lugar apropriado para ele dormir na cadeia vai reduzir a pena dele para, efetivamente, prisão domiciliar e ele vai dormir em seus lençóis de linho egípcio.
    Neste país só vai preso para valer negro, pobre, ladrão de carteira e maconheiro.
    Vamos esquecer o Dirceu e eu, não fico alegre com a prisão de qualquer um, mesmo quando extremamente necessária como é o caso dele. A questão para mim é política.
    A prioridade é pressionar o Congresso pela reforma política, pela tributária, pela da previdência e pela trabalhista. Lutar pela reforma da educação e da saúde Só as reformas desatarão o nó da falta de competitividade e da margem pífia para investimentos em infraestrutura. Precisamos tirar no voto o PT do poder ! Brasil para a frente !

  3. Roberto1776 disse:

    E pensar que nos anos 60 já se sabia que esse camarada não era flor que se cheirasse. Eta brasilsinho lento!!!

  4. Áureo Ramos de Souza disse:

    Eu sempre concordei com o Claudio e mesmo que venha uma Schamis estarei do lado dele, com seu modo brincalhão nos diz a verdade pulando daqui pra li e chegando ao que interessa. Mesmo que saibamos que todo esse burburinho não dará em nada, são 8 (oito) anos e agora parte chegara ao fim não do jeito que pensávamos mais de um jeitinho brasileiro. Será dada a pena? será e então o que acontecerá UMA GRANDE PIZZA. Isso não é prisão para quem roubou tanto. Por mais que Joaquim Barbosa explique de modo jurídico eles não entendem pois são do lado deles (PT) e foram colocados por O PODEROSO CHEFÃO nosso LULADRÃO

  5. Luiz Ramos disse:

    Está faltando o “agente boi”, codinome do metalúrgico nove-dedos, pelego do Regime Militar e das montadoras de veículos do ABC, colaborador do DOI-CODI. É o maior crápula da história deste País, mentiroso e enganador da choldra e de meia dúzia de “intelectuais inúteis”. Então pergunto: O que mais essa excrescência sindicalista precisa aprontar para ser denunciado, indiciado, processado e preso CALADO ???

  6. Paulo disse:

    Está demorando demais o recolhimento dos safados à cadeia. TV e jornais mostrem a chegada da cambada ao presídio. Que o povo fique sabendo das falcatruas da turma dos Petralhas Viva o Brasil, o Nosso, Não dos Petralhas.

  7. Ricardo Regueira disse:

    TODAS AS REGALIAS E HONRAS PARA OS CONDENADOS
    O Gilmar Mendes já disse que não há vaga nos presídios para o cumprimento da prisão semiaberta E QUE, ENTÃO, SERÁ TRANSFORMADA EM PRISÃO domiciliar! Celso de Melo já disse que o uso das algemas é restrito. Só podem ser usadas em casos especiais. Para mim quer dizer: vagas SÓ EXISTEM PARA OS SEREM COMUNS, ALGEMAS só podem ser usadas em quem não tem costas largas e nem possibilidades de, amanhã, ocupar cargo influente no governo federal. Que mais vcs querem? TUDO ISSO É UMA BALELA. É UM ENGODO. É UMA VERGONHA. ESTES MANDADOS DE PRISÃO SÃO PARA EFEITO POPULISTA E PROMOCIONAL! NADA, NADA NESTE ULTRAJADO PAÍS É SÉRIO. NADA!
    Kkkkkkkkkkkkkk O MINISTRO DA JUSTIÇA RECOMENDOU QUE NÃO SEJAM USAS ALGEMAS!!!!!! REPAREM O MINISTRO DA JUSTIÇA!

  8. Renato Cesar De Oliveira Moreira [APnig211] disse:

    Ainda tem idiotas que defendem estes ladrões. Não importa o partido ou ideologia politica, ladrão é ladrão e deve ser tratado como ladrão. É vergonhoso que criminosos condenados, que deveriam estar algemados, se apresentem a justiça posando como “heróis” . É vergonhoso que alguns imbecis “partidários chiitas”, fiquem na porta da policia federal aplaudindo e gritando palavras de apoio a marginais que se aproveitaram da confiança do eleitor para realizar ações criminosas. Defender estes traidores é adorar ao demônio é o mesmo que celebrar a traição de Judas.

  9. carlos alberto martins disse:

    Caro Aureo Ramos.Voce disse muito bem a frase UMA GRANDE PIZZA;é como tudo vai acabar.Deve ter notado as caras de Dirceu e Genoino com um sorriso de vitória ostentado no momento de suas prisões.está visto que já sabiam que não ia dar em nada.Os mesmos e quadrilha estavam todos sabendo qual seriam os resultados que teriam no julgamento,já que nossos ministros em sua maior parte éram apadrinhados do PT e o restante ficaram com medo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *