Início » Brasil » Mexe-mexe
COLUNA ESPLANADA

Mexe-mexe

Ministério da Segurança a ser criado vai controlar também os Direitos Humanos

Mexe-mexe
Temer anuncia criação do Ministério da Segurança Pública (Fonte: Reprodução/G1)

O Ministério da Segurança a ser criado vai controlar também os Direitos Humanos, que perderá o status de ministério e voltará a ser Secretaria. A por ora ministra Luislinda Valois já foi avisada que perderá poder. O nome mais cotado para assumir a Segurança — que comandará também a Polícia Federal — é de um general ligado ao Gabinete de Segurança Institucional. O Plano A, José Mariano Beltrame, ex-secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, não quer holofote. Ele hoje é consultor da Vale.

Sem grana

Veja a situação do Exército hoje: contingenciamento de orçamento em 60% para 2018, tropas pedidas para Roraima, missão no Congo e para a Segurança do grande Rio.

Mote eleitoral

A criação do Ministério da Segurança é também política. Mina, em parte, o discurso eleitoral do presidenciável Jair Bolsonaro.

Precedente

Em junho de 2016, o deputado Índio da Costa (PSD-RJ) levou ao recém-empossado Michel Temer um pedido de intervenção federal no estado do Rio de Janeiro.

Desafio à lei Seca

As autuações por flagrante de embriaguês no trânsito do Distrito Federal são uma amostra de como a Lei Seca corre perigo no país, de acordo com dados levantados pela Coluna. Em 2015, foram 14.263 registros, número praticamente repetido em 2016 (14.358). O ano de 2017 atravessou o sinal. Foram 24.425 autuações por alcoolemia com base no artigo 165 do Código de Trânsito.

Perdeu, doutor

O deputado Giacobo (PR-PR) perdeu o apadrinhado Marcos Antonio Baumgartner, exonerado do cargo de diretor administrativo da Usina de Itaipu. Entrou João Pereira dos Santos, cujo padrinho é um mistério.

Ranking

Atrás apenas de São Paulo no ranking de verbas recebidas, o estado do Rio recebeu, em 2017, R$ 25,7 bilhões em repasses federais. Em 2016, R$ 21,8 bi; Em 2015, R$ 24 bi. A Bahia figura na terceira posição do ranking de investimentos da União.

Então…

… É chororô descabido o comentário do governador Pezão, na coletiva do Palácio do Planalto na última sexta, sobre a cidade ter perdido o poder de capital do país.

EuroTapetão

Gleisi Hoffman, Humberto Costa e o ex-chanceler Celso Amorim embarcam para Bruxelas dia 26 para ‘denunciar’ no Parlamento Europeu a ‘perseguição’ a Lula.

Paraquate

A bancada ruralista na Câmara pretende derrubar, por meio de Projeto de Decreto Legislativo, decisão da Anvisa que barrou o uso de agrotóxicos que contenham a substância ativa ‘Paraquate’.  A agência concluiu, em setembro de 2017, que o manuseio do produto pode levar à mutação genética e causar a doença de Parkinson.

‘Parecer político’

Quem lidera a frente para tentar reverter a decisão da Anvisa é o deputado Luís Carlos Heinze (PP-RS), alvo de investigação no STF em processo da Lava Jato. Alega que o parecer da agência foi fundamentado “em argumentos políticos e não científicos”.

Êpa, êpa

A Odebrecht e a sua Braskem, enredadas nas investigações da Lava Jato, patrocinam o Brazilian-American Chamber of Commerce, evento que será realizado em maio nos Estados Unidos e terá como um dos homenageados o juiz federal Sérgio Moro.

A cabo

Relatora do projeto que prevê cadeia para pessoas que “roubam” o sinal de televisão a cabo, a senadora Ana Amélia (PP-RS) diz que “ética e honestidade” começam dentro de casa. Mas a turma de casa nem liga. É alta a rejeição popular à proposta.

Antenados

A consulta do portal do Senado mostra mais de 6 mil internautas contra a prisão dos chamados “Gatonets”, e apenas 359 a favor.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Natanael Ferraz disse:

    Essa lei-seca é uma bobagem, assim como o estatuto do desarmamento. A maior prova do que afirmo é que mesmo com a lei, os acidentes nunca diminuíram; nem os homicídios. E eu, que dirijo a mais de trinta anos e nunca me envolvi em acidentes, fiquei privado da minha cachacinha de buteco, e do meu três-oitão.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *